domingo, 31 de dezembro de 2017

EM VEZ DE MELHORES DO ANO... TRIBUTO AO BLOG JOKER!


Não foi fácil escolher, Joker. Levou anos e custou uma excelente memória. Por sorte, eu tinha as duas coisas. Nem precisei pegar leve com você, comentários sinceros, elogiando quando acertava, criticando irritantemente quando não! Quero que se lembre do seguinte: Que ás vezes as pessoas podem ser lidas de verdade, e que ás vezes o que escrevemos pode fazer certa diferença. Mesmo que o mundo não mude quase nada.



Para encerrar esse ano, gostaria de fechar com essa postagem, que seguirei há mais de um ano.  Fazem pouco mais de 2 anos que o blog Joker encerrou suas atividades, pegando a todos de surpresa com o texto “Acabou a Graça”. De minha parte, eu havia dias antes conversado por Facebook algumas horas com Douglas Joker, e tinha plena convicção de que ele amenizaria sua decisão, e continuaria o blog. Desde que o conheci, não escondi meu interesse em parceria, bem como ter vários textos dele publicados aqui no blog (os que hoje vem com a tag Time Paradox), mas não chegando ao extremo de parar com o dele, que havia começado anos antes de eu pensar em fazer um! Leitores de diferentes épocas do Blog Joker, apareceram na seção de comentários, registrando cada qual suas experiências com o espaço, e até hoje, mais de 600 dias sem um post novo, continua com uma quantidade surpreendente de acessos. Lembro que em 2014, tentei ler o blog todo, e acredito ter chegado ainda em uns 60% com muito esforço, tamanha a quantidade de posts, além de muitos terem páginas de textos. PÁGINAS!!! Daria para imprimir uma Barsa intitulada “DJ 2009 – 2015”.



Desde então eu e Joker temos competido amigavelmente para ver quem posta mais, e com maior qualidade, e o resultado está ai a qualquer clique de distância e o quase milhão de views que devemos atingir até maio de 2018. Para tentar fazer diferente ao longos posts dos melhores do ANO, vou linkar alguns do meus preferidos no antigo espaço.

MELHORES DE 2014:



MELHORES DE 2015 (Nunca existiu parte 2):




MELHORES DE 2016:




Antes de tudo, dedico esse álbum:


Agora podemos prosseguir. 

10 – 25 RAZÕES PARA O BATMAN SER O MELHOR PERSONAGEM DE TODOS OS TEMPOS



“Bane inclusive disse que ele é um cara muito engraçado se você deixar as diferenças de lado e parar pra conversar com ele.”

DJ já foi xingado algumas vezes nos comentários por ser “fanboy do Batman” (e hoje em dia, quem não é?!), embora o mesmo não lia o morcego há alguns anos. Só que nessa época, ainda não havia mágoa com Scott Snyder, e sim boas lembranças com série animada, Grant Morrison, Tim Burton e Sr. Nolan. Muito empolgado ele listou 25 razões pra fazer até o torcedor mais doente do Kevin Feige se render:



09 – 10 APARIÇÕES INESPERADAS DE ALICE COOPER



"Assim como eu já fiz um top com os melhores momentos do Ozzy Osbourne (há um bom tempo atrás), outro roqueiro que tá em tudo quanto é canto, é o Alice Cooper, talvez ainda mais que o Ozzy. Ele tá em tantos lugares... alguns nem são filmes, mas sim os cantos mais obscuros do youtube. Concluí que em tanto tempo, já deve dar pra juntar 10... hehe, vamos lá, espero que vocês se divirtam."

Esse interesse permanece, e assim como meu ídolo “multimídia” é o Garry Kasparov, o dele é o Alice Cooper. Confesso que ao passar dos anos, to começando a achar esse vampiro cara legal.





08 -  A ÚLTIMA BATALHA DE DOUGLAS JOKER (OU UM MENINO INGÊNUO) VS BIRDMAN (OU A INESPERADA VIRTUDE DA IGNORÂNCIA)



“É claro que o filme tem outra críticas, inclusive contra os próprios críticos (em especial velhas que parecem ter lambido a bunda de um mendigo), mas ele se chama Birdman, e afinal, por que se chamava Birdman se ele ficava na cabeça dele mas simplesmente não volta a ser o Birdman?! A última coisa que Douglas Joker (ou Um Menino Ingênuo) ia pensar era uma crítica contra os filmes de herói... afinal! Filmes de heróis fazem mal a ninguém!”

Havia um texto antes desse, intitulado “Birdman, por que Birdman?!”, que apesar de não existir mais no Blog Joker, eu consegui encontrar em nossas velhas aventuras no Actions e Comics: http://www.actionecomics.com/2015/02/birdman-por-que-birdman-douglas-joker.html#.WklSS9-nF1s

Pode parecer só “rage”, mas não só na época, como hoje, percebo que ele expressou um ponto sobre o Oscar, que cada vez se solidifica dos últimos anos para cá. Apesar de ser de 2015, está mais atual do que nunca. E claro, até hoje não tive paciência de assistir ao resto de “Birdman”, nem mesmo o trabalho posterior de seu “visionário diretor”, “O Regresso”.





08 – O CASO DE ODEJAIR



“Mas até aí, o que é uma pessoa louca? O conceito de insanidade é meio abstrato e inútil levando em conta que os "loucos" sempre parecem mais seguros nas suas realidades pessoais do que os outros ao seu redor. Se mostram mais certos e sãos quanto aos seus universos. Por que então são chamados de loucos? Por que estão todos loucos e os verdadeiros loucos já estão se chamando de normais?!”

 Embora a parte 01 esteja Off, eu a coloquei, quem sabe o DJ reupa ela um dia? Ou a refaz. O interessante, é que como eu, DJ nunca quis falar só sobre um tema, sempre indo em busca de mostrar a diversidade do mundo, não só dentro dos quadros das revistas, mas além de nossas próprias janelas. Nisso entra esse senhor entrevistado, que infelizmente nunca vi na TV. Ao ler o desabafo na parte 2, fica claro que “todos somos Odejair”.




07 – TOP 10 – ANTI-HERÓIS



"Pois bem, Batman não se droga e nem chama serviços de prostitutas, porém, ele não hesita na hora de ferir enormemente seus inimigos, os arremessando de enormes alturas, quebrando seus membros e os espancando pra valer, o próprio Batman já admitiu que só não mata maníacos de último grau como o Coringa, porque por mais que ele morra de vontade de torutá-lo imensamente até matá-lo, se ele começasse a fazer isso não conseguiria parar e começaria a matar vários criminosos, assim se igualando a eles."

É trivial da minha parte colocar esse, mas em defesa, quem não gosta de listas? Nem que seja para zombar de tudo de quem fez, com o “veja bem, faltou isso!”. Embora eu continue relutante em ler Hellboy, não se ganha todas, sabe?



06 – EU NÃO LEIO QUADRINHOS



“O mesmo rola também com animações e videogames. Meio que ninguém vira pra você e pergunta curiosa, ou às vezes espantada "Mas você vê fiiiiilmes???". Não! As pessoas perguntam: "Você vê filme DE-TERROR?", "Você vê filme POR-NÔ?", "Você vê filme DE-MÚSICA?". Mas quadrinho é como se fosse uma forma de entretenimento de outro planeta, aí ninguém tá acostumado mesmo. Por causa disso, o tio aqui resolveu separar esse post para fazer umas recomendações de gibis que ele julga muito bons, e perfeitos para quem está tentando pegar gosto com o meio.”

Ótimas recomendações para quem quer começar a ler gibis, ou mesmo conhecer mais do que o básico. Infelizmente “sem Alan Moore”, o que seria corrigido em outro. E tem coisa nessa lista que nem eu li.




05 – TOP 10 MEUS FILMES PREFERIDOS DOS ANOS 80



“...Ficando talvez atrás apenas da música, os anos 80 tiveram como maior característica vários filmes muito bons. Como sou um grande fã de cinema, resolvi listar os 10 filmes dessa época que eu mais gosto. E LEMBRANDO! São os 10 que eu mais gosto e não 10 melhores!”

Discussões intermináveis...




04 – 10 PONTOS FRACOS DE IRON MAN 3 VS 10 PONTOS FORTES DE THE MAN OF STEEL



“Se você promete várias coisas em um filme e depois não coloca você consegue muito bem fazer o público de otário e sair com os seus milhões de dólares, como fez a Marvel em Homem de Ferro 3. Agora se você resolve se esforçar a mais para trazer coisas impressionantes a tela, você consegue os seus milhões e uma boa dose de respeito artístico e admiração por ter agradado ao público. Não preciso explicar as lutas do filme... é só vendo mesmo. Tiro o meu chapéu coco roxo.”

Época legal de tretas, ainda endosso tudo escrito aqui, mais do que todos os outros DESSA LISTA. Foi engraçado o barulho que deu quando a gente colocou esse post no A&C, não a toa, fomos um dia EXPULSOS de lá, embora tenha sido mais minha “culpa” por outro top. Mas pode-se dizer, que esse foi o que “encaminhou nosso processo”.



03 – PORQUE UM FILME ATUAL DA MULHER-MARAVILHA SERIA FODA



“Diferente dos outros heróis, ela é uma soldado, então por mais que ela não seja a mais forte da Liga da Justiça ela é a que menos pensa antes de quebrar um pescoço. Além disso Diana não tem pontos fracos em seus super poderes, é a única da Liga que já venceu o Batman, já que a única forma que ele teria de derrotá-la seria com veneno, mas isso necessitaria de muito planejamento para o detetive conseguir acerta-la primeiro. A natureza dela levaria que fosse a personagem da DC mais OP nas telas e olha que o Superman já tava bem OP no último filme.”
ESSA é para você, que diz que o filme da Mulher-Maravilha foi o “melhor filme da DC depois do Cavaleiro das Trevas”. Sério mesmo, clica nesse post de anos antes dele ser lançado, pega o caderninho e assiste essa AULA.



02 – 10 PASSOS PARA DESTRUIR O CORINGA COM DC COMICS E SCOTT SNYDER



“E é justamente isso. O que torna o Coringa tão fascinante é ele ser só um maluco doido que explode TUDO! Tipo, COMO?! Assim como o Batman, ele é incansável por estar s-e-m-p-r-e te surpreendendo. Mas... Chuck Norris...? Quebrar o pescoço de geral? Meu nariz entortou nessa parte porque isso mexia não só com as habilidades do personagem, mas a relação que ele mantinha com todos os outros (Lex Luthor, Mulher-Gato, Arlequina... que eu saiba todos esses só não matam o Coringa porque tem medo das consequências do que ele pode fazer se algum milimetrozinho der errado, mas são mais fortes que ele). Eu torci o nariz pra essa parte Chucknórica... mal esperava que Snyder e DC se aprofundariam ainda mais nessa perigosa desconstrução do vilão.”

Outra carta de demissão em relação as mensais do Batman, e adivinha só, seu maior ídolo que ostenta em seu sobrenome: O Coringa. Não concordo com alguns motivos da lista, mas ela sempre mexeu comigo, até fiquei de escrever um post resposta, mas nunca comecei.



01 – ESPECIAL GUERRA CIVIL... CARA!



“Simplesmente o melhor megaevento das HQs em muito tempo. De lá pra cá saiu nada que fosse tão legal assim, no que se trata de eventos que englobam várias HQs diferentes. A premissa foi absolutamente arrepiante, mostrando conflito moral dos heróis. A impressão que dava quando você lia é que estava os conhecendo melhor, afinal, como saber que o Dr. Estranho era "liberal" e o Sr. Fantástico "conservador"? Exatamente, você não sabia, ninguém sabia, pois essas questões políticas nunca haviam sido exploradas no Universo Marvel, com os personagens tomando partidos e afins. O resultado foi uma trama complexa e extremamente tensa. Se aliviarem um pouco a comédia, tomara que consigam migrar o mesmo clima pro cinema.”
Se não leu Guerra Civil (ainda existem pessoas que não leram?), eis outra aula. O bom é poder comparar as especulações com o que de fato aconteceu quando o filme foi lançado. Obviamente esse mega post foi lançado na esteira do longa de 2016.



00 - ALAN MOORE DE A A Z



Mas o que faz com que nos sintamos completos com as histórias é justamente a identificação, o que permite que a pior das histórias tenha algum pingo de valor pra alguém (como Crepúsculo). Mas as histórias podem ir ainda mais além disso. Certa vez disse um inglês barbudo que muito bem se fixou no ramo de contar histórias que "A arte em seu melhor, tem o poder de insistir em uma realidade diferente", você não concorda com isso? Afinal, se você conseguir mudar algo do mundo real, o mundo onde as pessoas sangram, por meio da arte, é sinal que você fez muito bem o seu dever de casa. E não é como se não adiantasse, o melhor exemplo temos nós, os brasileiros, com todos os músicos que procuravam abrir a mente da população nos períodos de autocracia que tivemos no Brasil. Certos hinos duram até hoje como combustível revolucionário.

O mais completo guia sobre Moore, feito pela pessoa que conheci que mais o leu, e já conheci gente de vários níveis...





Bem, agora vou saindo pelas sombras, com a velha incerteza de tudo sobre o futuro, escutando não fogos, mas o som... Do Silêncio. Até 2018, senhoras e senhores.


sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

COLEÇÃO THOR DE JASON AARON


Esse post foi meio raridade, pela razão de que eu não tava planejando fazê-lo como planejo os outros especiais. Só coincidiu de no final do ano eu ter conseguido acesso aos cinco encadernados, então vou aproveitar pra, já com as histórias fresquinhas na minha cabeça, passar um especial de análises que essa série com certeza merece. Gostaria de contextualizar o quanto eu conheço o personagem, já que não é dos que eu mais acompanho. Essas histórias começaram em 2013 e na época eu não tenho a minima ideia do que tava saindo antes. Neste sentido de comparar com as anteriores eu realmente não poderei fazer, mas só no sentido de comparação mesmo, já que a série começou sem depender de nenhum outro arco externo na Marvel-Now, então dá pra eu analisar mesmo assim.
NOTA: Vale lembrar do ANT que constantemente elogiava essa série já há muitos anos quando eu tinha meu outo blog, toda vez que eu comentava sobre a série da Mulher-Maravilha que tava excelente, ele recomendava a do Thor, que ele dizia estar tão bem quanto. Se não fosse a sugestão dele acho que dificilmente eu teria comprado, já que nunca curti muito o personagem.


"O rapaz não conhece a própria história? Thor sempre retorna a Midgard. Não importa o quanto o faça sofrer."

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

10 DICAS PARA JOGAR NO LICHESS - PARTE II


Como a primeira parte foi um relativo sucesso, por que não continuar? Alguns tópicos são atualizações de alguns da postagem anterior. Lógico que em se tratando de alguém que use o site diariamente há alguns anos, não vai ver muita novidade nesse post. Indico mais as pessoas que estão ou começando agora, ou retornando aos poucos a esse esporte.

<VEJA TAMBÉM O RELATO CHAVE SOBRE ORIGENS NO XADREZ!>




 
Como não percebi que o cara encurralava minha dama em 3?

10 – OS 10.000 PUZZLES NÃO MAIS TÊM TROFÉU...

Qh4!


Esse foi imbecilmente o motivo desse post ter atrasado. Antigamente havia um humilde troféu para quem atingisse a marca de 10 mil puzzles tentados / resolvidos. E por 8 meses eu os resolvi diariamente, para atingir a meta (e claro, melhorar o meu nível de jogo), mas ao termino, o troféu tinha sido removido. Passei dias tentando descobrir o por quê, até que um dos criadores do site me respondeu por e-mail que não tinha volta, por alguma razão, ele retirou. Mas em contrapartida, os exercícios ficaram mais dinâmicos ao tirarem a seleção de dificuldades, e montarem uma linha, onde se pode voltar aos que errou.


09 – ESTUDOS EVOLUIRAM

Grob ali? Instrutor William curtiu isso!


Além de criar estudos, seja de partidas rápidas ou de GMs para análise com amigos, a comunidade do site em sua maioria torna públicos estudos específicos de aberturas, meio jogo e finais. Tudo com direito a texto e símbolos, como em qualquer livro ou programa ao estilo Chess Base. É possível também baixa-los em PGN.

08 – “APRENDA COM SEUS ERROS”

"Aprenda."


É ainda uma análise da máquina, porém mais construtiva. O jogo é analisado (seja ele seu, de outro usuário ou uma partida importada), e é dada a oportunidade de resolver exercícios em cima da partida, nos lances que foram analisados pela engine como erros ou imprecisões. Ideal para as pessoas que acham o treino de puzzles “desnecessário por cair em posições irreais”.


07 – PROFESSORES PARA CONTRATAR, E VIDEOTECA APRIMORADA



Locadora do século XXI.


Opção dedicada aos que tem interesse em levar carreira profissional no xadrez, e para tanto aprender com Mestres Fides em diante. Obviamente, que tenha um bom dinheiro para investir e tenha uma noção intermediária de inglês. Já a videoteca pode ensinar bastante, e gratuitamente. Indicado para pessoas que muitas vezes se perdem querendo aprender mais no You Tube. Os vídeos ainda são separados pelo níveis Iniciante / Intermediário / Avançado.




06 – CHESS 24, CHESS BASE, CHESS.COM OU MESMO 3D APRIMORADO, SEM SAIR DO SITE

Uma partida que nunca perde a beleza.


Além da gama considerável de peças e tabuleiros dentro do site, é possível fazer uma “adaptação” através da extensão de navegador(https://userstyles.org/styles/browse?search_terms=lichess) é possível alterar quase tudo, ás vezes até mais do que o necessário...


05 – NOVOS TORNEIOS POR CATEGORIAS



Uma fraqueza do site, é ainda não ter uma opção de torneios com emparceiramento “normal”, como podemos jogar no Chess.COM ou mesmo presenciais. Mantendo essa maneira “corrida maluca” de emparceirar. Ainda assim, o torneio por categorias ajuda a dividir melhor jogadores que estão começando e melhorando aos poucos. Tendo a para iniciantes com abaixo de 1500, intermediários com 1700 ou 2000, ou mesmo “feras” para acima de 2000.


04 – MARATONAS PARA INSANOS (E ISSO NÃO É RUIM)



A duração média de campeonato é de 50 minutos. Mas há os prolongados, com 3 há 5 horas, e os insanos, que duram 24 horas. Esse ultimo geralmente são trimestrais, e neles são possíveis enfrentar em sequência quase todos os melhores jogadores do site.


03 – COLOCANDO PARTIDAS NO SEU BLOG / SITE



Depois de anos de complicações para conseguir isso por outros sites mais “famosos”, o Lichess liberou essa ferramenta de maneira leve e didática. Uma observação válida, é que só se ganha os pontos do torneio, se jogar ele até o fim.




02 – PRACTICE APRIMORADO



O erro de muitos iniciantes é buscar truques de fácil assimilação para aplicar em outros e parar por ai, sem entrar na questão de forma ampla. No modo practice é possível ir aprendendo por exemplos nos degraus certos, não ficando a mercê dos xeques pastores da vida.




01 – “JOGUE CONTRA A POSIÇÃO, NÃO CONTRA O SEU ADVERSÁRIO”



Provável que seja o melhor “conselho” que me deram esse ano. Muitas vezes perdemos “posições ganhas” contra jogadores de rating mais alto, apenas por ter “medo” por “serem mais fortes”. É aquela autossabotagem de entrar pensando “já sei que vou perder pra esse cara”. Por mais que Lasker disse-se que devemos enfrentar mais o homem do que a posição, em certos momentos, a ponderação exagerada de quem está se enfrentando freia a ousadia necessária para ganhar. O “modo zen” serve muito bem a isso. O nome e rating do adversário, bem como qualquer informação externa além do tabuleiro, e tempo do relógio, saem. Recomendo pressionar F11 para ficar em tela cheia e melhorar a imersão.

A cara de quem chegou a ser o 2º melhor do mundo no ranking, e caiu.


Espero que alguma dessas “dicas” tenha servido para aproveitar melhor tanto o site, quanto melhorar seu desempenho como jogador. Se possível, entre no nosso time clicando nessa imagem abaixo, e até os próximos jogos.






Fabulosos X-Men Volume 2 (Marvel NOW)



Li Fabulosos X-Men #6-11, do encadernado Uncanny X-Men: Broken, com roteiro de Brian Michael Bendis e desenhos de Frazer Irving e Chris Bachalo, e farei breves comentários sobre as edições.


Edição #6: Dormmammu quer dominar o Limbo e está mantendo Illyana sob seu controle para isso. Os Fabulosos X-Men são transportados até o Limbo e os novos mutantes devem passar pelo seu teste de fogo. Para ajudar a lidar com os assuntos mutantes, o Agente Coulson sugere a criação de uma força-tarefa da SHIELD para mutantes com uma especialista no assunto.

Edição #7: Para salvar seus amigos X-Men e derrotar Dormmammu, Illyana absorveu o Limbo. Confusa e perdida, Illyana procura a ajuda do Doutor Estranho.

Edição #8: Assustado com a experiência que passou no Limbo, Fabio Medina decide deixar os Fabulosos X-Men e voltar pra casa. Um novo mutante, David Bond, que descobre ter a habilidade de controlar veículos, é salvo pelos X-Men quando tinha sido ferido por policiais.

Edição #9: Alison Blaire, a Cristal agora é agente da SHIELD. Ela foi encarregada por Maria Hill para cuidar dos assuntos mutantes e sua primeira missão é encontrar Ciclope. Ela rastreia o jovem mutante Fábio Medina até a casa de seus pais e o leva para interrogatório. Ciclope fica sabendo pelos noticiários e parte para resgatar o rapaz com seus X-Men.

Edição #10: Mística invade o quarto de Alison e troca de lugar com ela. Durante uma sessão de treinamento com Magia, Eva acaba descobrindo um pouco mais sobre seus poderes, que a deixa assustada. E a suposta “aliança” entre Magneto e a SHIELD fica abalada.

Edição #11: Durante uma demonstração de apoio à revolução mutante, o discurso de Ciclope é subitamente interrompido por um Sentinela aprimorado. Dessa vez, nem toda a equipe junta será páreo para essa versão avançada.

As primeiras histórias desse volume se concentraram em definir a equipe que deve seguir daqui pra frente na série e o escritor Brian Bendis deixa algumas pendentes para o futuro. Também é interessante notar que Bendis consegue manter tons bem diferentes nas duas séries que escreve. Nesses Fabulosos X-Men, o tom mais pesado e sombrio, com muito suspense mantém a expectativa para a edição seguinte. Leitura recomendada.


Por Roger


“A LAGOSTA É UM ANIMAL MOLE...”


... Que vive dentro de uma concha rígida. Essa casca grossa não se expande. Bem, como a lagosta pode crescer? A medida que a lagosta cresce, essa concha vai ficando mais apertada, a lagosta se sente sobre pressão, é desconfortável. Então vai para debaixo das pedras para se proteger dos predadores, se liberta da casca e produz uma nova! E de novo, quando ela crescer, essa casca ficará apertada, e ela volta para debaixo das pedras... A lagosta repete isso várias vezes. O estímulo para que a lagosta possa crescer é que ela se sente desconfortável. Se as lagostas tivessem médicos, elas nunca cresceriam, porque assim que a lagostas se sentisse desconfortável, o médico daria Valium ou outro remédio... E está “tudo bem”! Ela nunca sairia da concha. O que temos que perceber é que... Tempos de estresse também são momentos que sinalizam o crescimento, e se usarmos as adversidades corretamente, podemos crescer através delas. 


quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

A revolução da mentalidade gothamnita com a nova música do Batman


Por mais que as pessoas conservadoras estejam querendo esconder, o novo clipe do LEGO Batman, o maior sucesso de 2017, inegavelmente quebra as barreiras do preconceito e da intolerância, tratando diversos temas ligados a uma melodia contagiante que promete conquistar o mundo.

O Batman não voltará mais para a caverna!!!

Logo no início do clipe a prefeita de Gotham resolve tomar uma posição sensata sobre a falta de dureza e inteligência de um homem, o comissário Gordon, demonstrando como mulheres podem muitas vezes ser mais inteligentes e corajosas que os homens para tomar decisões. Ao mesmo tempo ela sacrifica sua estabilidade individual pelo bem maior da população, pensando nos outros, como fizeram os maiores nomes que propagaram o socialismo; Mao Tse Tsung, Stalin, Che Guevara, Putin, Kim Jong Wun e afins. Ou seja, o clipe não deixa de criticar a ganância e falta de amor do Capitalismo também!


Logo em sequência o Batman mostra estar vestido de mulher, trazendo a representatividade dos travestis, que são tão esquecidos e excluídos na nossa sociedade. Logo então é possível ver que a Arlequina está dirigindo o carro do Coringa, o que deixa claro como os papeis entre homem e mulher estão se invertendo na sociedade, e preconceitos como "mulher dirige mal" deixarão de ser tolerados de agora em diante, ao menos no que depender de meninas como a Arlequina.


Ao começar da música Batman então começa a ostentar seu Bat-Móvel, mostrando que tem sua própria cultura que merece ser respeitada se ele quiser expor, não se tratando de uma propagação estúpida do consumismo ocidental, como muitos acusam. O Batman mostra seu carro mesmo, como muitos gostariam de fazer, mas ficam reclamando na Internet apenas porque tem inveja e gostariam de ser igual! Mas esse Batman não está nem aí, ele que manda em Gotham!!!


Deixando clara a vontade do gothamnita de ser feliz, na letra Batman diz constantemente como gosta de malhar, ser milionário e atrair várias pessoas. Quebrando tabus ultrapassados, ele alega ser o mais macho, ao mesmo tempo se preocupando com um bumbum de aço, mostrando que a nova geração de homens não precisam ter mais vergonha de serem vaidosos e metrossexuais, como Arnold Schwarzenegger.


Ao alegar fortemente, com muita felicidade e empoderamento para câmera que não paga imposto, o Batman, mais nova diva de Gotham City, mostra como é adepto de uma nova ordem anarcocapitalista, não se rendendo às forças irracionais do Estado, afinal, imposto é roubo.


Mais um detalhe do bombástico clipe é o fato de todos os que participam da coreografia serem pessoas com problemas mentais graves, como Duas-Caras, Hera Venenosa, Charada, e até o Homem-Lápis! Uma minoria que não merece ser esquecida, principalmente por se tratarem de ex-presidiários que sofrem muito preconceito na sociedade de Gotham atual.


Já próximo de terminar sua performance, Batman faz uma sequência de dança break com solo de heavy metal em uma guitarra, mostrando que são novos tempos! E não precisamos nos limitar por estilos ou tipos de música específicos! É tempo de experimentar um pouco de tudo e deixar a mente aberta para todos os gêneros e movimentos que podem dar as mãos em novas performances corajosas! Uma mensagem do Batman (que arrasa mais do que ninguém) que a nova ordem agora é essa, e os tempos não vão mais mudar! No final o Batman já havia entrado em contato com quase todos os artistas excêntricos de Gotham, menos com o Coringa, que se aproxima dele por meio do carro, ficando uma distância entre os dois por causa do vidro de proteção, uma clara crítica contra Donald Trump, que quer construir muros para dividir as pessoas, e não pensa em coisas importantes, como amor.


Esse é o novo vídeo que agora vai estremecer as estruturas da sociedade com muito talento, ousadia e estilo! Gotham City terá que aceitar que essa agora é sua nova cara, independente dos seus preconceitos de dogmas religiosos e tradicionalismos a la Ku Klux Klan que muitos, infelizmente, ainda possuem. Agora a vez é das minorias, e elas não vão mais se calar.


O clipe compete com o novo da Beyoncé brasileira, a empoderada Anitta, que manda as recalcadas Cássia Eller, Rita Lee, Pitty e Clarice Lispector de volta pra casa, mostrando o verdadeiro poder que pode ter a mulher brasileira. Em um trabalho de mestre Anitta expôs a realidade do negro no Brasil, o valor das mulheres, a água parada da favela e a importância da segurança quando se anda de moto, tendo um comprometimento criativo similar ao do novo clipe do Batman, fica a dúvida de qual seria o melhor. E essa foi uma das maiores surpresas de 2017 que você não pôde perder! A má recepção do povo de Gotham mostra como muitas pessoas estão ainda avessas à mudanças e agarradas aos seus preconceitos, mas agora elas vão ter que aguentar, não podemos deixar que o fascismo e o preconceito imperem. O ano é fechado com chave de ouro e agora devemos aguardar mais sucessos por aí em 2018!