Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

janeiro 21, 2020

(Já) Era Uma Vez... Quentin Tarantino



Disseram-me que Quentin Tarantino mora nas conversas verborrágicas, nas falas naturais, fluídas, corriqueiras, nos interlóquios ágeis e rápidos feito jogo de pingue-pongue de entre chineses, cheios de referências, ironias e pitadas de filosofia pop, nos diálogos propositalmente longos e arrastados para criar um ambiente de tensão e angústia no telespectador.
janeiro 21, 2020

Crítica: Um Espião Animal


UM ESPIÃO ANIMAL
por Joba Tridente*
publicado originalmente em Claque ou Claquete

Trocentos filmes de espionagem, envolvendo agentes (majoritariamente) masculinos nas mais diversas conspirações (geralmente) internacionais, já foram feitos para o deleite de todo tipo de plateia. Mesmo que se repitam (com pouca variação) tramas e plateias. São perseguições por terra, ar e mar, violência generalizada, pancadaria coreografada, licença para matar, veículos arrojados, agentes (mocinhos) glamourosos e agentes (bandidos) psicopatas, cenários paradisíacos, sexo de ocasião..., dali e pipoca e refrigerante..., daqui. Já vimos o gênero (pretensiosamente sério), parodiado em comédia e em animações para tv, para cinema e para web. A mais recente investida no gênero, a chegar aos cinemas brasileiros em 2020, é a animação Um Espião Animal (Spies in Disguise, 2019), dirigida por Nick Bruno e Troy Quane, para os estúdios Blues Sky/Disney.

domingo, 19 de janeiro de 2020

janeiro 19, 2020

Titãs - Segunda temporada - Review



Pois é, maratonei outra série na “Lacraflix”. Dessa vez, a série dos Titãs. Afirmar que não se compara às HQs clássicas de Marv Wolfman e George Perez é chover no molhado. No entanto, como dizem, adaptação é adaptação. Nessa segunda temporada, pelo o que notei, quiseram corrigir o que a galera reclamou da primeira. Dick Grayson já não é mais o Robin “loko” e assassino, e Estelar está usando uma peruca melhor, apesar de ainda se comportar como uma “sister” negra, e não uma princesa de Tamaran.

sábado, 18 de janeiro de 2020

janeiro 18, 2020

Aquela Que Matou Não Só o Guarda


Quando se quer dizer que uma bebida, em especial uma cachaça, é muito ruim, tão amarga de tragar, daquelas que se dermos um gole pro santo, ele nos roga uma praga eterna, lança-se mão, muitas vezes, da popular expressão "aquela que matou o guarda".
Quando ingressei no serviço público, há 20 anos, havia, na escola em que me efetivei, um professor de Matemática, em vias de se aposentar, que era uma daquelas figuras raras, falante, sempre de bom humor, conversador e exímio contador de lorotas, o Orlando Carrara, ou, como era conhecido, o Seo Orlando. O Seo Orlando conhecia (talvez ainda conheça, talvez ainda esteja vivo) mais "causos" que o Rolando Boldrin.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

janeiro 16, 2020

Chess King - Novo app reúne mais de 60 cursos


Chess King é um aplicativo de ensino de xadrez muito completo. Neste programa idealizado por programadores e mestres russos, estão incluídos mais de 60 cursos de tática, estratégia, aberturas, meio-jogo e final de jogo, divididos por níveis, de iniciantes a jogadores experientes e até mesmo profissionais. 

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

janeiro 15, 2020

Crítica: Jumanji: Próxima Fase


Jumanji: Próxima Fase
por Joba Tridente
publicado originalmente no Claque ou Claquete*

Há 25 anos o alucinante jogo de tabuleiro Jumanji saía diretamente das páginas do livro infantil homônimo de Chris Van Allburg para as telonas. Jumanji (1995), estrelado por Robin Willians e dirigido por Joe Johnston, que teve um lucro de aproximadamente US$ 200 milhões, agradou ao público, mas não à crítica. Em 2005 foi a vez do jogo Zathura: Uma Aventura Espacial, também baseado em livro infantil homônimo de Chris Van Allburg, alçar voo ao infinito e além. Zathura, estrelado por Jonah Bobo e dirigido por John Favreau, até que agradou aos críticos e ao público, mas não foi páreo para Harry Potter e o Cálice de Fogo..., e fracassou. Três anos atrás, Jumanji: Bem-Vindo à Selva, versão “atualizada” (ou “sequela”) de Jumanji (livro e filme), que deixou de ser um jogo de tabuleiro para virar videogame de cartuxo, chegou aos cinemas dividindo a crítica e caindo no gosto dos espectadores. A comédia de ação e aventura, dirigida por Jake Kasdan e estrelada, por Dwayne Johnson, Jack Black, Kevin Hart..., arrebentou a boca do balão ao arrecadar US$ 961 milhões. Bem, se a releitura de Jumanji deu tão certo, o que fazer agora? Francamente?! Franquia!
janeiro 15, 2020

Uma Vodka com Freddy Krueger e com a Loira do Banheiro


Meu filho - feito toda criança - sonha o tempo todo; acordado e dormindo. Dormindo, às vezes, os pesadelos o assediam. Comumente, ele se debate, chuta o ar, grita e consegue espantar os maus sonhos por conta própria. Quando são mais insistentes - e talvez mais aterradores -, os pesadelos, quando mais difíceis de expulsar, feito assentamento do MST, ele acorre à minha cama, com seu inseparável e surrado travesseiro e pede por socorro, por proteção.
janeiro 15, 2020

Tirar Porta dos Fundos do ar é tudo o que o Porta dos Fundos quer

O texto a seguir é o melhor que já li a respeito da turminha de filhinhos de papai escrota que atende pelo nome de Porta dos Fundos. O texto é da brilhante autoria de Flávio Morgenstern, do blog Senso Incomum. O texto é relativamente longo, para os padrões da internet, mas vale cada linha. Reproduzo-o na íntegra, inclusive com as imagens originais. Quando eu crescer, quero escrever assim.

"Mais do que um filme, o lixo estúpido feito para estúpidos do Porta dos Fundos é um experimento social para pintá-los como arautos da liberdade de expressão. A última coisa que um Duvivier é."


"Sem querer dar spoiler, mas no filme Se7ven – Os Sete Pecados Capitais, dirigido pelo esplêndido David Fincher, o assassino serial “John Doe” (Kevin Spacey), que mata segundo os sete pecados capitais, se entrega quando ainda só descobriram 5 crimes. A última morte (ira) dar-se-á quando o detetive David Mills (Brad Pitt) descobrir qual é a sexta vítima. Ao invés de matar seguindo todos os 7 pecados capitais, John Doe deixa uma dificílima escolha para o policial evitar que seu trabalho se concretize. Logo um policial completando o trabalho de um assassino que vive de símbolos.

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

janeiro 14, 2020

SobreSérie: THE OUTSIDER - minissérie da HBO acerta com Stephen King

Normalmente só falo sobre alguma série, positiva ou negativamente, após assistir a 3 episódios (em alguns casos mais).  Mas "THE  OUTSIDERS" da HBO é uma daquelas exceções...


"The Outsiders" é uma minissérie, infelizmente com apenas 10  episódios, baseada  em um livro de mesmo nome de Stephen King. Sou fã de King há muitos anos e assim como ele próprio, acho que as adaptações de suas obras para a TV e mesmo para o cinema, deixam muito a desejar. 


Mas, ao assistir apenas dois episódios de "The Outsiders" (foram exibidos dois episódios na estreia dia 12), achei que finalmente acertaram.  E olhe que só descobri que era de King quando comecei a assistir...

É a primeira vez que 'sinto' a força dos livros de King logo no inicio de uma série ou minissérie. Claro que outras colocam referências ou citam nomes diretamente, que ligam a série a obra do escritor. Mas, no caso desta minissérie desde o inicio, você sente algo de estranho no ar...algo inexplicável...de sobrenatural se preferir. 

E surpresa maior (pelo menos para mim) é que os dois episódios foram dirigidos e estrelados por Jason Bateman, que em minha cabeça sempre foi ligado a comédias...Bateman também é um dos produtores. 


A história parece hipnotizar o telespectador, parece que cada cena é prelúdio de algo grave que irá acontecer, mesmo quando nada acontece. Os atores e atrizes, mesmo os que aparecem pouco, dão intensidade e veracidade ao roteiro. 

Ao acompanhar os acontecimentos você fica com a sensação de que algo não esta certo, que falta algum detalhe. Que a pessoa em questão é inocente, mas como pode ser? Ao assistir imediatamente vem a sua mente livros de King, como por exemplo: "Metade Negra"

"The Outsider" já começa com um crime sangrento e violento contra uma criança. Nada é mostrado, o inicio se dá quando o corpo é encontrado. Ao se investigar, as evidencias apontam para o técnico do time de crianças: Terry Maitland (Jason Bateman). 

A pessoa que achou o cadáver, também indicou uma Van branca e estranha ao local, que logo é localizada pela policia. Na Van, são encontrados marcas de sangue que coincidem com a vitima e com o técnico. As impressões de Terry estão em todo lugar. Duas pessoas diferentes, uma  adulta e uma criança, identificam Terry. Uma quando ele pega o garoto, outra no local do crime...


Mas, mesmo assim, o expectador acredita na inocência de Terry. Por questões pessoais, o encarregado do caso, faz com que Terry seja preso e algemado bem na frente de dezenas de pessoas, o que obviamente destrói por completo a vida do técnico...


Mas, não vá pensando que a minissérie vai girar em torno dos problemas do técnico e o desmoronamento de sua vida. Estamos falando de King. Assim, isto é apenas o começo de algo bem maior e sinistro. Outros personagens entrarão na história aprofundando-a e levando-a cada vez mais fundo em um terrível pesadelo...


Estamos anexando dois trailers da minissérie e também links para que possa assistir aos episódios iniciais online (legendado), caso  (como eu) não tenha acesso ao canal HBO...

Assistir Online: THE OUTSIDERS 
Assistir Online: THE OUTSIDERS

Trailer legendado: THE OUTSIDERS




janeiro 14, 2020

SobreFilmes Trash!: REPTILICUS - O primeiro trash dinamarquês a gente não esquece!


E quando você pensava que os filmes trashs haviam acabado, nós aparecemos com mais um. E detalhe: não arranhamos sequer a superfície dos filmes já lançados e que tem esta...'peculiaridade'. 'REPTILICUS' não é um filme trash comum, não senhor! Ele é de monstro e é... dinamarquês!! (Duvido que você ache outro do gênero da mesma nacionalidade)


Enfim, o cinema passa, de vez em quando, por 'ciclos'. Um determinado gênero ou tipo de filme agrada ao público e vários, no mesmo estilo, são lançados. Atualmente estamos no ciclo dos 'filmes de super heróis', mas já passamos pelos ciclos de: 'filmes espaciais'; filmes com doenças; filmes sobre o Vietnan; filmes sobre cowboys e pistoleiros e filmes sobre...monstros! 

Claro que o Japão liderava neste 'quesito', mas os americanos não ficavam atrás. Eram aranhas gigantes, louva-deus gigantes, formigas gigantes, coelhos gigantes (não ria!), ratos e vários outros animais e insetos. Então é com surpresa que nos deparamos com um filme feito pela Dinamarca! Nem lembro de ter visto algum outro filme dinamarquês...

E não podia ser diferente: o filme é catastrófico, não no sentido de abordar uma catástrofe, mas de ser ruim, um verdadeiro trash e que não poderia deixar de ser um 'cult', a ponto do diretor do filme querer fazer uma refilmagem no inicio dos anos 2000. Os planos não foram adiante porque infelizmente (ou felizmente) o cidadão morreu...

REPTILICUS - o filme...



A história do filme é a seguinte: um grupo de mineradores esta trabalhando nos congelados terrenos da Lapônia. Não que você consiga ver algo congelado no cenário, o que é um mistério, talvez fosse verão enquanto estavam perfurando...Durante o trabalho eles acabam esbarrando com algo inusitado: um pedaço de cauda de algum réptil que deveria ter sido gigantesco! O pedaço estava no buraco em que estavam perfurando e acabou fazendo o equipamento parar...

Por ser uma descoberta científica de grande importânica, o pedaço de cauda é mantido resfriado e enviado para...o Aquário da Dinamarca (???) em Copenhagem. O achado gera grande comoção localmente e no mundo! Afinal seria o maior réptil já encontrado na história! É interessante eles terem chegada a esta conclusão com apenas um pedaço da cauda, mas enfim...não sou cientista. 

Como o filme precisava acontecer, obviamente algo acontece para que o monstro apareça. A certa altura aparece um personagem totalmente tapado que tinha uma chance ENORME de ser o responsável pelo que ocorre a seguir, mas não foi ele e sim o professor responsável (!) que dorme e esquece a porta do refrigerado...eerrr...aberta!!!

Julgando ter perdido a peça valiosa, os cientistas descobrem estarrecidos que...a cauda se regenera!! Isto mesmo! A Cauda se regenera e os cientista resolvem esperar para ver onde chega 'a coisa'. Uma vez li uma revista onde o Wolverine entrou na atmosfera do Sol (!!) e conseguiu se regenerar (!?!?!?), achei um absurdo! Mas este filmes faz mais, de um pedaço de cauda o resto do corpo se regenera!!!!


E mesmo vendo que a coisa toma proporções gigantes (literalmente falando), os cientistas ficam calmamente esperando...Apesar dos avisos do zelador (aquele burro que citamos antes) de que 'algo se movia dentro do aquário', ninguém sequer verifica o que esta acontecendo. Neste ponto a criatura já esta completa, porém sem consciência...

É o momento de pausa para... se conhecer Copenhangem!! Sim, o filme perde alguns minutos mostrando a cidade e seus pontos turísticos, só faltou aparecer escrito: "Venha visitar Copenhagem! Você vai gostar!"...

Depois, do momento idílico, vem a tempestade! E é uma tempestade literal! Cara, todo mundo sabe que tempestade em filme de monstro, é sinal que vai 'dar ruim'!! E dá!! Reptilicus esta a solta, mas antes faz de Dolby (o professor) de 'lanchinho'. Depois resolve dar 'um rolê pela cidade'...E a destruição começa! 


Você pode pensar que contei o filme todo, mas não o fiz! Isto ai é só um tira gosto! Tem mais coisa no meio da história acima. Tudo 'regado' com efeitos especiais de 'ponta'...de ponta de estoque! Daqueles que ninguém mais usa...


Mas, o equipamento do exército mostrado nas cenas é real! Ninguém pode negar, que o primeiro filme de monstro dinamarquês, não poupou esforços em mostrar o poderio do pais...


Apenas, para terminar: o exército esta lá o tempo todo! Viu uma simples cauda transforma-se num lindo reptil adulto...Ninguém, mas ninguém, criou um 'plano de contingência' para o caso da criatura acordar?!?!?!? 


Ah, Batman! Que falta você faz em Copenhagem....

Tá na hora do bônus!!



Com certeza, depois da minha sinopse resumida do filme, muitos ficaram com vontade de assistir à película e confirmar por si próprio, a qualidade da produção! E, lógico, não iríamos aguçar sua curiosidade e não lhe dar meios de satisfazer sua ânsia pelo filme! Por isto logo abaixo, anexamos um LINK que possibilita BAIXAR ou ASSISTIR ao filme

Então não perca tempo! Clique no link abaixo e...Divirta-se!!

REPTILICUS - baixar ou assistir

REPTILICUS - assistir legendado



sábado, 11 de janeiro de 2020

janeiro 11, 2020

[TIME PARADOX] 10 jogos que me marcaram

Cara, eu não me canso de usar essa imagem
[TIME PARADOX] Vocês já devem ter notado que eu tô fazendo muita recuperação de posts antigos de games. É que nos últimos 5 anos eu me tornei um bendito adulto sem tempo pra jogar videogame. No meio do caminho meu irmão quebrou meu videogame e não pagou pra consertar, então agora que tenho tempo pra jogar estuo com saudades e fico lembrando desses posts antigos. Os últimos paradoxos tiveram alguns comentários positivos, então estou trazendo mais. [FIM DO TIME PARADOX]

Eu estou em um tremendo pique para fazer tops, então acho melhor aproveitar esse momento. Eu jogo videogame há... muito tempo, e todo mundo que lê o blog já notou a imensa atenção que eu dou a eles. Então ao invés de fazer um top dos meus 10 jogos preferidos, preferi listar 10 jogos que me marcaram. De todos os jogos que eu já joguei, os que fizeram mais diferença na minha mente. E eu não consigo pensar em um jogo melhor pra começar essa lista do que...

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

janeiro 10, 2020

E Bolsonaro disse : Faça-se a Luz

Cada Presidente da República sabe bem o gado que tange. Dá para o gado que o pôs no Planalto o que o gado o elegeu para ganhar.
Lula e sua versão quase mulher, Dilma Rousseff, passaram quatro mandatos presidenciais enchendo os buchos verminosos dos encostados deste nosso Brasil dantes mais varonil. Encheram os estômagos de seu gado sem, no entanto, dar-lhes trabalho ou ocupação, que também ninguém é de ferro, né?

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

janeiro 09, 2020

O Que Vem Por Aí: SURGE - O MAGO DE FERRO!!!

SPOILER PARA A REVISTA 'SELVAGENS VINGADORES #9'
Com certeza a revista "Selvagens Vingadores" tem trazido uma série de 'surpresas' para os leitores: Conan vem do passado para se tornar um Vingador (?), Doutor Estranho esta na formação, Conan e Estranho se aliam (temporariamente) à Doutor Destino...e agora O MAGO DE FERRO!!
janeiro 09, 2020

Crítica: Adoráveis Mulheres


Adoráveis Mulheres
por Joba Tridente 
Publicado originalmente em Claque ou Claquete

Lançado originalmente em dois volumes (1868 e 1869) e posteriormente em apenas um (1880), o romance altruísta Little Women (Mulherzinhas), da escritora norte-americana Louisa May Alcott (1832-188), é um fenômeno de crítica e de popularidade, principalmente entre o público feminino, que se vê absorvido pela singularidade e resiliência das jovens irmãs March: Meg (16), Jo (15), Beth (13) e Amy (12). A consideração à obra é tanta que a história da carismática Família March continua recebendo adaptações para teatro (desde 1912), musical, ópera, rádio, televisão (só na BBC foram quatro minisséries: 1950, 1958, 1970 e 2017) e cinema (de 1917 até hoje já somam sete). A mais recente versão cinematográfica do cativante Little Women (Adoráveis Mulheres) a chegar às salas de cinema, com roteiro e ousada direção de Greta Gerwig (Lady Bird), traz em seu elenco Emma Watson (Meg), Saoirse Ronan (Jo), Eliza Scanlen (Beth), Florence Pugh (Amy), Laura Dern (Marmee), Mery Streep (a solteirona tia March), Timothée Chalamet (Laurie, jovem rico e ocioso apaixonado por Jo), Louis Garrel (professor Friedrich Bhaer) e James Norton (tutor John Brooke).
janeiro 09, 2020

10 problematizações bizarras com "nerdices" (que eu lembro)

Sou eu, amigos!

Durante o meu exílio ouvi sussurros de que o "nerd" tem que acabar. A justificativa é que somos a fonte de todos os preconceitos do mundo, que não podem ser identificados entre patricinhas, fãs de futebol, baladeiros... Não, é característica de grupos de nerds, é claro, só existem nerds preconceituosos ou tarados. Não fico necessariamente surpreso, já que sempre nos odiaram, só arranjaram uma nova desculpa que combina mais com os tempos atuais. Como eu vou ser extinto, pensei, melhor aproveitar e fazer algum post sobre chatices com nerdices. Mas as chatices mais chatas mesmo!


Então vamos ao... "10 PROBLEMATIZAÇÕES BIZARRAS COM NERDICES"!!!! Destaquei o "que eu lembro" no título porque não fiz nenhuma grande pesquisa não, só fui falando de cabeça. Segue o baile!
janeiro 09, 2020

O Que Vem Por Aí: OCTOBER FACTION - trailer liberado!


Não, não trabalho para a NETFLIX (mas se quiserem me contratar...), é que eles disponibilizaram outro trailer, de outra série, e mais uma vez de terror (será?): "OCTOBER FACTION", baseado em quadrinhos da IDW...


Fizemos uma postagem sobre "Locke & Key" (leia aqui), que por acaso também é baseada em quadrinhos e para nossa surpresa surgiu mais um trailer, e de uma série que tem basicamente os mesmos ingredientes...

E se você leu a postagem acima, vai notar alguma semelhança no roteiro. Em "October Faction", acompanhamos a vida de dois 'caçadores de monstros': Fred e Deloris Allen...


Após a morte do pai de Fred, ele, Deloris e seus dois filhos Geoff e Viv, retornam a sua cidade natal. Agora eles terão de se ajustar a uma nova fase em sua vida, em especial os filhos (que obviamente não queriam ir para lá). Mas precisam também esconder que fazem parte de uma organização secreta, cuja função é...caçar monstros! 


Obviamente, a série não seria sobre o novo ajuste da família e seus problemas de adaptação individuais e como família. Assim, eles acabam descobrindo que a cidade que parece tão idílica (alguns diriam monótona), não é exatamente o que parece...

Para vocês entenderem, abaixo temos o trailer da série, infelizmente ainda sem legendas (não foi lançado o trailer brasileiro...).


Vocês podem notar pelo trailer, que a série se utiliza de 'alivio cômico' nas situações tensas e dá a entender que é quase adolescente. Não conheço os quadrinhos, assim não posso dizer qual o nível de terror (se é que tem)podemos esperar...

Mas, já há pontos negativos a se destacar: a série havia sido anunciada como tendo 10 episódios em sua primeira temporada, porém, apenas 6 estão listados na relação...Huuum, será que temos problemas por ai?

Enfim a série estreia em 23 de janeiro de 2020, o que significa que em breve poderemos ter uma opinião com base, sobre o resultado final....

Até lá...


quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

janeiro 08, 2020

Picolé de Cerveja

Pensando bem, demorou a acontecer. Demorou a se dar a desgraça.
Primeiro, foi a heresia gastronômica da pizza doce - banana, goiabada, chocolate, chocolate branco etc -, aberração culinária que provoca em mafioso italiano bom de garfo a justa ira de mandar matar o pizzaiolo que a criou, não sem antes pedir a excomunhão do sujeito ao Papa, que é para garantir que a alma do maledeto vá direto para o pau do capeta após a sua execução com três balaços na cabeça.
Sem dizer - e já dizendo - de outros pecados menores, pecados veniais, digamos assim, contra a culinária tradicional de diversos países : lasanha de berinjela, strogonoff de frango, "trufa" com licor de maracujá, cereja etc.
Agora, porém, a injúria dos hereges foi para além da sagrada gastronomia, ultrapassou todos os limites aceitáveis : agora, a mira dos blasfemadores se voltou contra a sacrossanta cerveja!!!
A tradicional empresa pernambucana de sorvete Frisabor, gigante nordestina do segmento de chupadores e lambedores, se aliou à também pernambucana cervejaria artesanal Ekäut, líder do nicho mercadológico de "degustadores" e, juntas, lançaram o Picolé de Cerveja, a cerveja artesanal que harmoniza com um pauzinho. Cerveja no pau, o sonho de consumo de todo viadinho gourmet!
E o Frisabor Cerveja é mesmo artigo para boiolas e delicadinhos, para mulherzinhas, para belas, recatadas e do lar, é mais fraco que coice de porco, seu teor alcoólico é de apenas 3,25%, contra os usuais 5%, 5,5% das cervejas pilsen e lager, as mais consumidas pelo brasileiro. E artigo pra boiola rico, pra baitola com o cu cheio de grana. Cada picolé tem, segundo o fabricante, 60 ml de cerveja (do tipo American IPA) congelados, e sai pelo absurdo de R$ 7,00 a unidade.
Fiz umas contas. Um litrão de Brahma (teor alcoólico 5,5%) fornece 55 ml de álcool à minha sedenta alma, e pago R$ 6,00 por ele no boteco da esquina. Um picolé de cerveja de 60 ml a 3,25% de graduação alcoólica tem apenas 1,95 ml de álcool. Ou seja, para eu consumir, na forma de picolé de cerveja, a mesma quantidade de álcool de um litrão da Brahma, eu teria que chupar aproximadamente 28 picolés. Eu ficaria com a boca despregueada! E desembolsaria R$ 196,00. Ficaria com os bolsos arrombados!
De acordo com Diogo Chiaradia, diretor-executivo da Ekäut, a cerveja escolhida foi a American IPA, por ser "bastante encorpada, com amargor alto e sabor frutado". Pois é, cerveja pra frutinha. Mas a herege parceria não quer parar por aqui. Caso a meta de 30 mil unidades vendidas até o fim do Carnaval seja batida, há planos para picolés de outros tipos de cerveja.
Não chupei. Não vou chupar. E não aprovo tal híbrido transgênico. Macho que é macho entorna cerveja é no gargalo. Mama a cerveja direto da copiosa teta de uma ampola âmbar. Não chupa pau gelado. Nem quente nem morno.
De mais a mais, voltemos ao exemplo inicial da pizza doce. Caso eu coma uma pizza de brigadeiro, vou pedir o que de sobremesa? Um sorvete de aliche? Um pudim de calabresa? Uma compota em calda de frango com catupiry? O mesmo irrefutável raciocínio vale para o picolé de cerveja. Alguém já viu cerveja de groselha? De menta? De nata? Então, não tem que ter picolé de cerveja!
Quer tomar cerveja, abra um bom e gelado latão! Quer chupar, vá atrás de uma rola, ora porra!
Contudo, ao que parece, o picolé de cerveja está com boa aceitação no Recife, capital pernambucana. Um vendedor teria declarado, em off, ao Diário de Pernambuco : "ontem, chegou um xibungo velho e perguntou se aqui vendia sorvete de cerveja, eu falei que vendia, aí ele pediu : então me dá um picolé e duas bolas".

Pãããããta que o pariu!!!! 
Para finalizar, só me resta fazer a pergunta que não quer calar ao meu amigo recifense Cássio, leitor assíduo do Marreta : e aí, Cássio? Já provou da guloseima? Vai dar a sua chupadinha?

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

janeiro 07, 2020

[TIME PARADOX] 25 grandes personagens apresentados na última geração de jogos


[TIME PARADOX] Olá, galera! Esse post é da época que a geração do PS3 estava acabando e vindo a do PS4. Agora já está pra sair a do PS5, então seria os melhores personages da penúltima geração de jogos! Lembro que foi bem elogiado na época, mas meu outro blog tinha um alcance bem pequenininho. Espero que vocês gostem. Está diferente do original! Adicionei um personagem no fim, hehe.[FIM DO TIME PARADOX]

Nós tivemos Mario, Luigi, Link, Crash, Duke Nukem, Solid Snake, Lara Croft, Rayman, no final, o que que nos deixa lembrando da última geração de videogames são os personagens que nós controlamos. Com enredos cada vez melhor desenvolvidos, a indústria de games não falhou em nos apresentar excelentes personagens na última geração.