domingo, 12 de junho de 2016

10.5 Melhores Capas de Álbuns de Música


Promessa é dívida. Simbora.




10.American Idiot, do Green Day


Eu nunca fui MUITO fã de Green Day, nem de punk rock em geral. Mas na época que saiu esse álbum, quem não ouviu? Foi um baita marco, eu conhecia um monte de gente que gostava e acabei ouvindo, até tenho o CD na minha casa. Faz tempo que não ouço, mas não deixei de lembrar na hora de colocar as capas, essa capa é muito foda, mano. Como dá pra notar, o cara tá segurando uma granada que tem formato de coração.


9.13, do Black Sabbath


Esse número 13 pegando fogo com o sangue escorrendo marcou o retorno do Black Sabbath! Esse eu também tenho, me deram de aniversário no ano que lançou, ouvi várias vezes. Eu não diria que o Black Sabbath é a banda que tem as melhores capas, mas eu adoro esse "13". Infelizmente, a razão do álbum ter esse nome é nada a ver, se você pesquisar vai ver que faz sentido nenhum. Foi falta de criatividade praticamente.


8.Hey Stoopid, do Alice Cooper


Bem, eu não ia fazer essa lista sem colocar Alice Cooper, né? Esse álbum é irado do início ao fim, é provável que só não tenha ficado tão lembrado porque saiu mais ou menos na mesma época do "Nevermind", do Nirvana. A capa é uma fotografia, essa estátua a la Tim Burton existe mesmo.


7.Holy Diver, do Dio


Álbum que iniciou a carreira solo do Dio. Sempre sinto que posso escrever mais e mais sobre ele, inclusive da carreira solo. Devo me dedicar a isso em algum momento do futuro. Nesse ponto Dio já tinha saído do Rainbow (que tinha o Ritchie Blackmore) e por último havia brigado com os caras do Black Sabbath. Mano, se não soubéssemos como o Dio era educado poderíamos considerar que esse álbum foi um grande "Vão se foder!", porque tem o nomezão dele estampando na capa e deve nada pra ninguém. Conta com muitas de suas melhores músicas como "Rainbow In The Dark", "Straight Through The Heart" e a própria faixa-título. Claro que não foi um negócio tãããão só do Dio, contava com o Jimmy Bain do Rainbow no baixo e o Appice que tinha gravado o "Mob Rules" no Black Sabbath. Mas ainda assim é incrível, levando em conta que grandes nomes que podiam ter sido muletas, como Blackmore, Iommi e Geezer Butler, não estavam junto.


A capa causou polêmica na época, por mostrar um padre sendo chicoteado por um demônio. Mas quanto a isso, Dio sagazmente respondeu: "Como você sabe que não é o demônio que está sendo chicoteado?"


6.Rising, do Rainbow


A arte da capa é meio pau a pau com a do "Holy Diver", mas o álbum é impressionante. Sem falar da força que passa esse punho agarrando o arco-íris. É curto, acho que uma meia hora de música, mas me lembro que na primeira vez que escutei defini como a melhor coisa que já havia sido gravada em CD e até hoje isso não soa como um exagero.


5.Black Rain, do Ozzy Osbourne


Não é segredo que eu sou fanático pelo Ozzy Osbourne, e a capa do Black Rain é muito bacana com ele parado na chuva. Tinha umas camisas com essa imagem, é muito foda. O cenário sombrio e destruído ao fundo faz sentido, já que a faixa-título fala sobre guerra. Quando comecei a ouvir bastante Ozzy acho que essas eram as músicas mais recentes. Tinha muita coisa boa nesse álbum: "Here For You", "Nightmare", "Civilize The Universe" e "I Don't Wanna Stop". Foi o último com o Zakk Wylde, eu particularmente não me animo tanto com os trabalhos dele no Black Label Society. A sonoridade estava mudando bastante, tem muita gente que não curtiu, mas eu acho bem melhor que o "Scream", de 2011. Já assisti shows dele três vezes e devo assistir mais uma no final do ano.


4.Steal This Album!, do System of a Down


Um dia ainda quero roubar uma cópia desse álbum.

É o terceiro álbum do System of a Down e tem a faixa "I-E-A-I-A-O" que além de ter sido a primeira música que eu ouvi deles é a que eu mais gosto. Quando fui assistir o show deles foi bem essa que abriu XD

O álbum ainda tem outras músicas incríveis, como "Chic 'N' Stu", "Bubbles", "Pictures" e muitas outras.


3.Fear of the Dark, do Iron Maiden


"O Ed não é nosso mascote. Nós é que somos mascotes do Ed." Nicko McBrain

Eu não sou tão fã do Iron Maiden pra chegar ao ponto de deixá-los em terceiro lugar, mas essa capa me marcou. O tio de um amigo meu tinha o "Fear of the Dark" e ele emprestou pra ele pra gente ouvir. Quando a gente era criancinha mesmo, acho que ele tava querendo nos "educar", hehe. Mas nem demos muita atenção, foi mó bagunça, nenhum de nós ouvia coisa tão pesada. Não esperava que anos depois eu ia virar tão fã de Heavy Metal, mas afinal... eu era criança. Na época ainda tinha a impressão que era música bagunçada e barulhenta, e realmente, é o que parecia.

Mas afinal, a capa é que me marcou. O Ed, mascote macabro que ficou visualmente mais famoso que o vocalista da banda, Bruce Dickinson. Não precisa pensar muito pra entender porquê. Quando eu era pequeno, ia nas lojas de camisa de banda, o que chamava mais atenção? As camisas que tinham o Ed! Eu nem ouvia a banda, mas cara, eu já sabia que aquele era o Iron Maiden e não ia esquecer. É como o Kiss, a imagem é muito forte, você pode não ouvir, mas você vai lembrar deles. E o Ed passava essa forte impressão de... de... de coisa horrível. Hoje já tô acostumado com a cara dele, mas quando você ainda não conhece choca bastante. Muita gente acha que ele é o demônio, mas... tem nada a ver! É um esqueletinho zumbi. As pessoas acham que tudo é o demônio!

Ed continua estampando as capas dos álbuns até hoje, como no lançado ano passado, "The Book of Souls".


2.Blood of the Nations, do Accept


No clássico antigo, "Balls to the Wall", a banda já levantava o sinal de paz nas performances ao vivo. Mas com "Blood of the Nations" o símbolo vai ficar marcado a eles por muitos fãs! Primeiro que o álbum foi sensacional, tem MUITA música boa. Boa MESMO. É super pesado, mas tem um monte de gente que nem curte Heavy Metal e gosta quando você mostra. Além disso, a banda lançava nada inédito há mais de 10 anos!!! É considerado um dos melhores álbuns de retorno já feitos. Adoro como é contraditório uma mão cheia de sangue fazendo sinal da paz. Dá aflição e é foda ao mesmo tempo. Eu queria pra cacete uma camisa com essa estampa. Mas quando eu vi pra vender foi na saída do show deles, mas quando fui tinha outro álbum mais recente que tinha saído. O...

2.5.Blind Rage


Esse tem uma arte foda demais também (e esse eu comprei a camisa). Quando liberaram a capa já fiquei aguardando mais ainda. O guitarrista deu mó explicação do que é esse búfalo; uma fúria cega que representa a loucura que aciden-- Mas todo mundo acha que ele é o capeta de qualquer jeito. Deve ser porque é um búfalo. Ah igreja Católica... obrigado por ter demonizado vários símbolos que representavam conhecimento em outras culturas (chifres, tridente, cabeça de bode...).


1.Dream Evil, do Dio


Se você prestar atenção, esse não é tão bem desenhado quanto os do Accept e do Iron Maiden, mas é muito sinistro a menininha com todas essas coisas horríveis ao redor dela enquanto sonha. Combina muito bem com a faixa principal, que se chama "Dream Evil". E também tem o "demônio" da capa do "Holy Diver" de novo. Sinistríssimo, a posição que ele tá parece aquele demônio do clássico musical "Fantasia" da Disney. Não é um álbum tão conhecido do Dio, talvez pelo próprio cantor menosprezá-lo. É cheio de faixas fantásticas, como "Sunset Superman", "All The Fools Sailed Away" e... na verdade... todas. Eu gosto desse ainda mais que do "Holy Diver" e o "The Last in Line". Não sei porque o cantor, quando ainda vivo, raramente colocava músicas desse álbum no set dos shows. O Dio é um que não tive a oportunidade de assistir, mas todo mundo que viu define a experiência só pelas expressões faciais....

Podia ser um livro de terror



Menção honrosa

Burn, do Deep Purple


Acho muito legal essas velas com os rostos dos membros da banda. Parece coisa desses filmes de "Harry Potter", "História Sem Fim" e coisa do tipo. Além da faixa título ser suprema, as cores da capa ficaram muito boas!!! O vermelho do fogo com o roxo meio rosado da fumaça... Te digo porque não entrou na lista: só não entrou porque eu nunca ouvi o álbum inteiro mesmo, rsrs. É da época que o Ian Gillan havia sido substituído pelo Dave Coverdale, frontman do Whitesnake. Excelente fase.

Nenhum comentário:

Postar um comentário