Pesquisar este blog

smc

sexta-feira, 4 de março de 2016

Demolidor: O Cavaleiro das Trevas?


Infelizmente, o upador de vídeos do Blogger é uma merda, e eu só consegui upar a segunda parte do trailer da 2a temporada da série do Demolidor. Essa segunda parte é focada na Elektra, enquanto a primeira era focada no Justiceiro. Enfim, eu queria passar a minha impressão e escrever um preview. Você  com certeza já assistiu a primeira parte do trailer com o Justiceiro de qualquer forma, então vamos lá.


Demolidor vs Justiceiro (Primeira Parte)


Ninguém nesse planeta nega como a primeira temporada do Demolidor pareceu um Batman Begins dividido em vários episódios, só que bem mais violento e com uma porrada da hora no final.


Isso além de ser bem legal, é compreensivo, já que os dois personagens possuem uma série de semelhanças. E eles não deixaram de levantar uma porrada de elementos da mitologia do personagem que eram interessantes, mesmo alguns bem secundários. Por fim o herói acabou usando o uniforme diabólico apenas no último episódio, fechando realmente a ideia de introdução, com o Rei do Crime sendo o vilão principal, sem que Elektra e Mercenário cheguem a ser mencionados. Agora uma das grandes novidades é que teremos o Justiceiro! Praticamente o primeiro personagem que vem à cabeça quando se fala em "anti-herói". O que me incomodou é que... no trailer ele me lembrou MUITO o Coringa do Cavaleiro das Trevas, o interpretado por Heath Ledger.


O Rei do Crime ficou muito bem trabalhado na última temporada, haviam até episódios que eram mais dedicados a ele do que ao Demolidor, inclusive me passava a impressão que eles queriam mostrar os dois em suas estórias separadas até o seu inevitável encontro, aí que vencesse o melhor (e que luta foi aquela, cacetada, me lembrou bons tempos). Ele não era um Bowser da vida, acreditava no que fazia, tinha todo um histórico de maldade e sua luta pessoal. Maaaaaaaaas, houveram muitos fãs do personagem, que, mesmo reconhecendo o compromisso da série de adaptá-lo, estranhavam como grande parte do tempo, era só ele começar a falar... que não parecia que era o Rei do Crime!!!


Ele tava quase sempre emocionado se justificando, dificilmente notávamos aquela arrogância. Em representações passadas o lado sentimental do personagem com sua amada Vanessa costumava ser usado de surpresa, o que dava um contraste ao vilão que era sempre tão insensível e invulnerável por período integral. Ficou legal, bem legal, mas é um diferencial que marcava o personagem e acabou não sendo usado. Agora vendo o Justiceiro... cara, o trailer todo eu lembrei do Coringa, e isso me incomodou.


Antes que pergunte, o Batman pode ser meu personagem preferido, mas eu também não chego a ser estranho ao Demolidor e o Justiceiro não, inclusive tenho umas duas ou três HQ que os dois se enfrentam. Apesar da primeira temporada ter lembrado Batman Begins e isso ter sido "ok", essa semelhança agora com o clima do segundo filme do Batman me preocupa. Por uma simples razão: o Justiceiro não é um zé-ninguém. Ele já teve uns três filmes, apareceu em games, animações e teve séries interessantes nas HQs. Não brotou "do nada" no inconsciente cultural como o Groot, o Deadpool e o Esquadrão Suicida. O Justiceiro todo mundo conhece e sempre conheceu, mas creio que agora é que ele terá maior visibilidade no grande público, com o sucesso da primeira temporada e também da Jessica Jones.

Aquele encontro de personagens que já ficou meio que obrigatório, hehe.

Agora mencionando as partes do trailer... vimos o Justiceiro criticando e desconstruindo o modus operandi do Homem Sem Medo, um policial comentando que ele tem explosivo o suficiente pra explodir metade da cidade(?) e... pra fechar com chave de ouro ele fala no final... "Você está à um dia ruim de ser eu".


Pois é, "A Piada Mortal". Pra fechar, a Karen (que ainda não começou a andar com o Mandarim na indústria de drogas e pornografia) levanta a ideia de que o Justiceiro pode meio que ter sido criado indiretamente pelo que o Demolidor faz.



Eu sei que tem várias estórias que mostram como o Justiceiro também é insano e também é desacreditado quanto à sociedade, maaaaaaaas, quando eu vejo o Justiceiro costumo lembrar do Justiceiro mesmo, não do Coringa. Claro que foi só um curto trailer, se for como da última vez haverá toda uma boa série de episódios se preocupando em apresentar o personagem (cujo qual, nem a caveira na camisa eles mostraram ainda), espero que deixem o Justiceiro bem marcante, eles tem tudo o que precisam e é a primeira vez que estará em um universo compartilhado live-action.


Elektra Natchios Doritos Fandangos (Segunda Parte)


Er... tá, não consigo evitar de começar relembrando como a Jennifer Garner era linda, perfeita e afins e sinto falta dela x.x

.....................................................................

Agora, fingindo que eu não sinto falta da Jennifer Garner (inclusive porque já é hora de superar isso, até o Ben Affleck já virou o Batman), não dá pra falar de adaptação de personagem pela aparência, aquele próprio Coringa que eu tava falando agora prova isso. E se tratando de mulheres... vamos ver se em Dawn of Justice a Mulher-Maravilha da Gal Gadot também vai provar. ENFIM! A segunda parte do trailer me passou uma impressão bem melhor. Um negócio bem estilo ninja (acho que apareceu até vários subindo um prédio), aquelas coisas bem exageradas e expressivas que foram introduzidas na fase do Frank Miller, isso me animou bastante.


E quanto ao casalsinho? Só de ver os dois trocando uns chutes contra os bandidos eu já me animei, deve ficar super legal. É uma das personagens mais lembradas da Marvel, já é hora dela vir chutar bundas.


Bazuka?



O vilão que toma pílulas para (des)controlar suas emoções apareceu na série da Jessica Jones, e seu destino ficou sendo um mistério, mas pro saco sabemos que ele não foi. Apesar de já ter enfrentado diversos personagens da Marvel (como o Wolverine, naquele último arco decepcionante que fizeram da morte dele), o personagem originalmente foi criado enfrentando o Demolidor e o Capitão América em uma grande estória da época do Frank Miller com Mazzuchelli. Será que vai ter espaço pra ele retornar nessa segunda temporada, ou fica pra série de outro personagem?

O mesmo vale pra possibilidade de já introduzirem o Punhos de Aço que cedo ou tarde também deve ter sua própria série na Netflix. Mas acredito que eles vão focar mais na mitologia "própria" do Demolidor, o que bem fizeram na outra temporada.




Retorno dos outros personagens


Se não me engano o Mestre Stick tinha aparecido em um episódio só na última temporada, e por acaso um dos melhores episódios. Aguardo bastante pra vê-lo novamente, assim como o Rei do Crime junto da Vanessa. Todos apareceram no pôster que tinha a fumaça de uma caveira, devem retornar expressivamente.


Se bem que até o Ben Urich e o pai do Matt tão nessa imagem. Bem... aguardar... os episódios serão liberados dia 18 na Netflix.

Nenhum comentário:

Postar um comentário