smc

Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de maio de 2017

“Talvez eu não possa vencer..."


Talvez eu não possa vencer. Talvez a única coisa que eu possa fazer é levar tudo na cara. Mas para eu vencer ele terá que me matar, e para me matar, ele precisa ter coragem de ficar diante de mim. E para fazer isso, ele deve estar disposto a morrer também”



"...-- Quando vai voltar?
-- Logo.
-- Você está com medo?
-- Você não estaria?
-- Se um gigante quisesse me bater, eu ficaria com muito medo.
-- A verdade é que algumas vezes, eu tenho medo. Quando estou no ringue, apanhando de verdade... E meus braços doem tanto que não consigo levantá-los, eu penso: "Queria que esse cara me acerta-se no queixo para eu não sentir mais nada." Mas ai aparece meu outro lado, aquele que não está com tanto medo, é o lado que quer continuar, que quer passar por mais um round, porque enfrentando mais um round quando você pensa que não dá mais é quando faz toda a diferença no vida, me entende? Dá para lembrar de mais uma coisa? Papai acha você o melhor garoto do mundo, e que o papai ama você, aconteça o que acontecer."



Nenhum comentário:

Postar um comentário