terça-feira, 6 de setembro de 2016

ENTREVISTANDO #02: ROGER DO PLANETA MARVEL / DC!!! -- PARTE 01


Essa entrevista foi realizada, em fevereiro desse ano. Portanto, algumas previsões nela não acabaram batendo com a realidade atual, mas ela foi feita mais com o intuito que eu tive de conversar com um verdadeiro fã de quadrinhos que é o Roger, dono do blog Planeta Marvel / DC, bem como colaborador frequente desse blog aqui. Por muitos anos ela foi tida como mítica, tamanho a demora que ela teve para ser publicada, mas minha imerssão no xadrez, bem como minhas “férias” desse site acabaram colaborando por todo esse atraso. Portanto, nada mais justo que eu “retornar” a trazendo primeiramente. Para tornar a leitura mais fácil, ao invés de ficar com o “Ozymandias Diz” ou “Roger Diz”, deixarei minhas falas em preto, e as dele em vermelho. Aqui eu transcrevo apenas a primeira sessão, já que a entrevista ficou bem longa:

à Estou pensando aqui na entrevista, basicamente é bem de improviso. Como o Sr tá sempre falando de HQs, tanto lançamentos como as que marcaram, bem como adaptações, Vamos nos focar nisso?

OK. Vamos lá.

Desculpa a demora, tava respondendo outras mensagens, dizendo que iria estar ocupado para os demais (Isso aqui parece msn as vezes).

Sem problemas. Tranquilo.

Não sei se chegou a pegar o MSN nas antigas, mas era o "Whats app” de 2007.

Ah sim peguei sim. Embora eu não use o "zap".

Sou dessa época do MSN. MSN e Orkut. Ali sim eram redes mais dignas. Conseguia uns HQs pelo Orkut. Bons tempos, conheci muita gente nesse tempo de 2006 para 2007 que até hoje eu falo.

Na época em que ainda dava para baixar.

E por que não pode hoje em dia? Que medida do governo foi essa? O Torrent chega ai?

Na verdade nunca pôde, mas agora as leis estão sendo seguidas mais rigorosamente, O monitoramento que sempre aconteceu, está mais em cima. Conheço colegas de trabalho, que receberam notificações
ordenando que parassem de baixar, caso contrário seriam intimados.



Mas eles foram pegos por baixarem no trabalho, certo?

Não. Em casa mesmo. Ou toda a rede tá sendo grampeada dessa forma.

Isso pra mim tem o nome de ditadura.

O problema são as provedoras mesmo. Na verdade, no Brasil também é assim.

Não há meio de escapar? Usando o Tor? Deep Web?


Conheci um rapaz que trabalhou na Microsoft. Ele me ensinou alguns segredos... Aqui no Japão não dá certo essas "válvulas de escape.

No Brasil, qualquer material que se efetue download, deve ser usado em 24 horas, de maneira privada, e depois apagado.

... Esse meu colega me mostrou como é feito o rastreamento mesmo usando o Tor.

É até pior. E só é considerado pirataria aqui no Brasil (e em outras partes do mundo) quando se consegue dinheiro com o conteúdo alheio. Tudo aquilo que eu boto no blog mesmo, é "livre divulgação". Todo esse tempo não quis usar nem aquele "ad sense".

Ainda bem.

"Porque não se trata de dinheiro, se trata de passar uma mensagem. Gotham merece uma classe melhor de criminosos".



Eu também nunca usei esse Adsense. Cheguei a experimentar um outro tipo que não me lembro nome agora, mas parei, o objetivo do blog não é esse.

Primeira pergunta, valendo 1 Mil:

Rs.

1. Como de praxe, antes de entrar em discussão mais séria, uma minibiografia sua, para o público civil -- incluindo os que só somam pageviews, não lêem nada completo, e acham que Ozymandias Realista é uma pessoa só --:

Ok. Nasci na cidade de São Paulo, Zona Sul, o que facilitava muito o acesso à HQs (ou gibis como eram chamados). Na verdade, ganhei minha primeira HQ do meu pai, eu tinha entre sete à nove anos, não me lembro muito bem. Tinha feito uma pequena cirurgia e estava internado, então meu pai me deu um gibi do Demolidor, acho que era da Ebal ou da RGE. Fiquei deslumbrado com aquil, embora não me lembre da história, mas foi meu primeiro contato com heróis, O tempo passou até 1981, eu tinha dez anos. Passei na frente das (várias) bancas de jornal que havia perto de casa e vi Heróis da TV #21, formatinho da Abril. Corrigindo, #31. Acho que foi 1982.Meu primeiro contato foi aos 11 mesmo, embora a lembrança de se ganhar o primeiro gibi, bem como a gratidão de ter o ganho, seja sempre uma memória atemporal. Isso mesmo, 1982. Tinha o Mestre do Kung Fu na capa. Naquela época só haviam Heróis da TV e Capitão América.

Eu gostaria de encontrar essa imagem para ser a imagem principal da entrevista.

    Ainda em 1982, a Abril lança Superaventuras Marvel com meu herói preferido, o Demolidor, e na fase do Miller. Em seguida, Grandes Heróis Marvel, Homem-Aranha e Hulk. Em 1984, compram os direitos da DC, e lançam Super-Homem, Batman e Heróis em Ação, e minhas coleções começam a aumentar. Com o tempo passei a frequentar sebos, para adquirir as edições que eu perdi. Acho que é isso.
Sendo sincero, já bate 90% do curriculum desses "colecionadores" que fazem vídeos no You Tube.

Na verdade, eu dei uma parada entre 1992 à 2004 mais ou menos.

Hoje em dia as pessoas compram mais HQ para tirar foto e ser "pop", boa parte dessa paixão parece ter se extinguido...

Responsabilidades com os estudos, trabalho, etc. Mas voltei aos poucos lendo Marvel Millennium, ou seja, a versão Ultimate. Gostei muito da versão do Bendis para o Homem-Aranha, conforme você já sabe.



  Sua “parada” me lembrou a do Eudes Honorato, não sei se o conhece, dono do "Rapadura Açucarada", é um blog precursor dos blogs de scans.

   Tive o privilégio de ler Guerra Civil pela Marvel.

   Somos dois, se não fosse a Marvel Ultimate, talvez eu nem estivesse aqui.

E Crise de Identidade e logo em seguida Crise Infinita pela DC, daí eu tive certeza de que precisaria voltar. Legal, então somos dois beneficiados pelo Ultimate, Ah sim, já vi o blog do Eudes.

É um herói das antigas. Um verdadeiro guerreiro. Eu acompanhei a Civil mensalmente pela Panini, isso lá por 2007, a melhor parte eram as entrevistas e discussões dos roteiristas da Marvel publicadas na Wizard.

Não gosto muito de falar sobre política, mas vejo o Guerra Civil como uma "batalha" entre democratas e republicanos.



A Marvel tinha um time impar no comando principal, com o trio Millar, Bendis e Stranz trocando tapas nas reuniões para fazer o mega evento.

Coisa comum lá nos EUA. Não sei se é só coincidência, mas Reinado Sombrio na época em que o Bush estava sendo muito questionado...

Até hoje empolga, embora analisado de maneira fria, dá para ver que muitas ideias principais vieram de Watchmen, embora que transmutadas para caberem no universo Marvel...



Principalmente por causa dos atentados em 11/09.

E Invasão Secreta? Comunistas?

E depois Era Heróica com a ascensão do Obama... Ou a própria vigilância pesada do governo?

Comunistas... Talvez...

O Obama recebeu um apoio massivo de tudo.

Isso, eu ia dizer sobre essa paranóia.

Até o Aranha na época, fez uma história com ele, que bateu recordes.

Foi nessa época que surgiu o seriado “Persons of Interests”, que trata sobre vigilância. Pode ser apenas coincidência, mas me passa a impressão que a Marvel tenta passar alguma mensagem por trás de suas sagas e fases, mas pode não ser nada disso.

Eu ainda sou mais paranóico, vejo mensagens cada vez em um número maior de coisas, tomara que eu não fique como o John Nash de "Uma mente Brilhante". Mas sendo sincero, eu sempre tinha enxergado as sagas da Marvel de Guerra Cívil para cá uma resultante de um planejamento mesmo.

Kkk, eu vi esse filme.

Os preenchimentos de lacunas de poder.

O que você espera de Guerra Civil II?Já viu a sinopse?



Como o Osborn, pego como recruta nos Thunderbolts, logo depois diretor do projeto, soube aproveitar a brecha que a falha do Stark deu na invasão dos Skulls, e logo tava com a Shield. Por mais que seja ficção, olhando com calma, é mais um processo comum de um deputado ou senador aqui do Brasil, mas estou desviando, “Guerra Civil II” eu tenho expectativas que seja tão sem propósito como o “Velho Logan 2”, Ou mesmo uma versão "Marvel Studius" do que foi a Guerra Civil que a gente leu, só que para esse público que tá migrando dos blockbusters 3DsEu procuro encarar o Velho Logan II como apenas uma versão usada como tie-in para Guerras Secretas, apesar de que eu não estava gostando mesmo assim, nem li até o fim, só vi sua resenha mesmo sobre o Velho Logan e parei.

Leu o #01 que o Lemire escreveu? Eu li essa semana, não tá tão bom, mas já tá melhor que os 5 números do Bendis.

Não li ainda. Mas falando em Lemire, estou lendo Extraordinários X-Men que ele está escrevendo, estou gostando.

Ele tá exclusivo com a Marvel? m tempo desses tava no Arqueiro, digo isso porque o Tom Taylor (Injustiça, Superior Homem de Ferro) parece uma bola de ping pong, escreve de tudo para todos.

Parece que sim. Agora ele está só com a Marvel. Acho que fugimos completamente da entrevista... RS.




---FIM DA PARTE 01---

Nenhum comentário:

Postar um comentário