Breaking

Pesquisar este blog

sábado, 22 de junho de 2019

SobreSérie: SLASHER - Netflix/desde 2016

'SLASHER' é a série que consegue prolongar por 08 ou 10 episódios, toda morte sangrenta, violenta e sem sentido que você assiste em 01:30 hs no cinema....


Quando a palavra 'slasher' esta relacionada com algum filme, com certeza será um onde ocorrem mortes sangrentas e elaboradas, geralmente com objetos cortantes e perfurantes.

Bem, acontece que em 2016 Aaron Martin resolveu trazer para a TV, divididos em 8 capítulos, aquelas histórias que geralmente envolvem vinganças (com sentido ou não) que assistimos nos cinemas e que são do genero terror/suspense...

Porém, não pense que esta é a primeira série que tem estas pretensões, em 2015 foi realizada "Scream" e em 2009 a minissérie "Harper's Island" (ela é chamada de série, mas como todo o elenco morreu na primeira temporada, ficou por ai...)

E parece que funcionou, já que já estamos na terceira temporada e com expectativa de haver uma quarta. Consideremos o que já foi feito té agora...

PRIMEIRA TEMPORADA: "O CARRASCO"



Em primeiro lugar precisamos ter em mente, que as histórias mostradas na série, não primam pela originalidade. Como já dissemos, é o que você já viu em vários filmes de cinema adaptado para a TV...

Em "O Carrasco" temos o retorno de Sarah Bennet para sua cidade natal: Waterbury. Ela esteve anos afastada por ter tido uma experiência, digamos, desagradável com um assassino apelidado de "o Carrasco", por motivos óbvios conforme mostra a ilustração acima...


Por 'coincidência', as mortes reiniciam com a chegada de Sarah a cidade e ela começa a achar (começa????) que as mortes tem ligação com ela e o assassino esta querendo pegá-la....

SEGUNDA TEMPORADA: "OS CULPADOS"



Em "Os Culpados" temos aquele velho roteiro de um grupo de 'amigos' que retornam a um acampamento depois de muitos anos...Mas, algo aconteceu lá...e todos guardam segredo...


Ao retornarem os eventos anteriores começam a ser revelados, ao mesmo tempo em que começam a ocorrer algumas mortes entre os membros do grupo. 

Eles não podem sair do local e alguém os esta pegando um por um. Será um deles ou alguém que apenas esperava que eles estivessem lá, reunidos novamente....

TERCEIRA TEMPORADA: "SOLSTÍCIO"



Desta vez a história é um pouco mais complicada (não, no bom sentido), pegamos a história um ano antes dos eventos que acompanhamos. 

Tem inicio no dia da festa do 'solstício', Kit Jennings volta para casa em péssimas condições (bebado e drogado). Durante o caminho percebe uma figura que parece que o esta seguindo...

Kit, a primeira vitima (?)
A pessoa esta com uma fantasia de druida (imagem abaixo do subtitulo), sem aviso ataca violentamente Kit com uma faca. Kit grita por socorro no corredor de onde mora (havia chegado a entrada, quando foi atacado)...

Mas, apesar de todas suas súplicas ninguém o ajuda...Um ano depois deste acontecimento começamos a conhecer alguns dos moradores do prédio. Mas, não se apegue...temos 8 episódios pela frente...

Além dos moradores, também somos apresentados a dois policiais: Detetive Roberta Hanson, que parece decidida a provar alguma coisa... E seu parceiro Detetive Pujit Singh, que parece sempre cansado e com vontade de ir para casa...

Durante estas apresentações "O Druida" volta a atacar. Matando pessoas violentamente e a plena luz do dia, sem testemunhas. A cada morte, antes a história nos mostra algo sobre a vitima...e nunca é bom...

O roteirista até tenta nos surpreender com uma revelação no ultimo minuto, que pretendia ser irônica e poderia ter sido, se a motivação dos crimes (descoberta segundos antes) não ofuscasse qualquer coisa que aparecesse depois...Não que a motivação seja coerente...


Das tres temporadas a melhor é a primeira, mesmo com um roteiro surrado e pequenos 'deslizes' na realização. Mas, esta última é difícil aceitar facilmente. 

O tal 'Druida' aparece a plena luz do dia, nos corredores da escola, na entrada da escola, persegue uma aluna com um machado na frente de dezenas de estudantes (!!!), mata um cara durante o dia, no meio da cidade...e nada! NINGUÉM percebe ou faz algo!! Mesmo chamar a polícia!!

O excesso de sangue nas mortes e depois dela, também tiram o brilho da história...

Se você limpar todo o sangue, remover todas as lâminas da frente, desconsiderar os diálogos racistas clichês e a construção de alguns personagens, bem lá atras encontrara alguma critica social...

Como por exemplo: como pessoas diferentes reagem de forma diferente diante de experiencias semelhantes. Como as pessoas atualmente estão insensíveis as necessidades do próximo. Como o preconceito nasce de não se conhecer o outro e como um comentário inconsequente nas redes sociais pode causar até mesmo uma tragédia...

Série indicada exclusivamente para quem gosta do genero e que tem curiosidade em conhecer a variedade de mortes expostas. E esta temporada é rica, as mortes são causadas de uma faca de cozinha a uma espada gigante saída de vídeo games. Passando por um machado sem corte e um.....liquidificador !!

Caso você não seja assinante da Netflix e esteja curioso sobre a série, querendo assisti-la. Não tem problema, enviamos abaixo link onde você poderá assistir ou baixar....















Nenhum comentário:

Postar um comentário