Breaking

Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Capitão América sempre foi digno de levantar o Mjolnir?


[Texto da tag “Escritor Convidado”, escrito por Café com Pipoca, publicado originalmente no em: https://blogcafecompipoca.blogspot.com/2019/05/capitao-america-sempre-foi-digno-levantar-mjolnir.html]

É fato que Vingadores: Ultimato é um dos maiores filmes do gênero e que entrou para o hall de um dos filmes mais cultuados do Cinema, com direito a homenagem na Calçada da Fama e tudo. Contudo, ainda restam muitos debates sobre diversos personagens e seu desenvolvimento ao longo dos 22 filmes do Universo Cinematográfico Marvel.

 Ah, e esta postagem terá SPOILER e um dos grandes. Caso não tenha visto Vingadores: Ultimato, recomendo não ler isto até então. Contudo, vamos conversar um pouco sobre o comportamento do martelo mágico diante de seus "portadores".

O MJOLNIR TEM PERSONALIDADE?



Essa questão é, no mínimo, interessante. O Mjolnir parece ter personalidade própria, tipo o Chapeu Seletor (Harry Potter). Ele (Mjolnir) parece exigir de seu portador um comprometimento com um bem maior, apesar de suas próprias preferências, a capacidade do portador de superar suas próprias ambições diante de suas responsabilidades.

Tanto que o martelo NÃO O CONSIDERA DIGNO o Thor quando este é enviado para a Terra, pois sua personalidade passa por uma reestruturação. Contudo, o martelo AINDA O CONSIDERA DIGNO, ao ver que ele se mostra disposto a enfrentar novamente Thanos, apesar de sua depressão e medo diante da tarefa.

Outro caso é o do Visão que ergue o Mjolnir sem dificuldades ainda em Era de Ultron, pois sempre se mostrou um aliado de confiança. Tanto que ele dá sua própria vida pelo bem do Universo, para evitar que Thanos consiga todas as Jóias do Infinito em Guerra Infinita.

Mas quando foi que o Mjolnir começou  a considerar Steve Rogers, o Capitão América, como digno?

TENTANDO ERGUER O MJOLNIR EM ERA DE ULTRON


Um dos maiores debates do momento é, Stege Rogers (o amado idolatrado salve salve Capitão América) sempre foi capaz de erguer o Mjolnir, o martelo do deus nórdigo Thor? Durante o filme Vingadores: Era de Ultron, vimos aquela "brincadeira" (muitas aspas pois muitos levaram o momento bem a sério) dos personagens tentando erguer o martelo mágico do deus do trovão. 

Muitos tentam sem sucesso, contudo, Steve Rogers é o único que desperta certa preocupação em Thor e até parece que o martelo se mexe levemente, mas, sem levantá-lo (fica evidente o ar de alívio de Thor no momento de desistência do capitão).
Porém, o que rolou na luta  entre Capitão América, Thor e Homem de Ferro contra o Thanos do Passado foi algo emocionante: O Mjolnir aceitou Steve Rogers como digno e voou para suas mãos (não apenas o Mjolnir, mas o Rompe Tormentas também), um dos momentos mais emocionantes na vida de quem foi ao cinema, discutimos essas emoções de ver Vingadores: Ultimato.

Mas então? Steve Rogers era, ou não era capaz de levantar o Mjolnir?

Kevin Feige comenta sobre Capitão América e o Mjolnir


Em recente entrevista, Kevin Feige (só o Presidente da Marvel Studios) foi questionado sobre o assunto e dá a entender que Steve Rogers era, SIM, capaz de erguer o dito martelo.
“Achamos que ele sempre foi digno, e só estava sendo educado em Era de Ultron.”

Sim, é fato que Steve tem qualidades incríveis de liderança, amizade e companheirismo, características não apenas de um grande líder, mas de um bom amigo (não é a toa que as maiores lideranças como o rei T'challa, o deus Thor e até mesmo o egocêntrico Tony Stark tem muita consideração não apenas pela figura heróica do Capitão América, mas pelo próprio Steve Rogers. Porém, eu acredito que o martelo mágico ainda não o considerava digno em Era de Ultron, pois Steve ainda  não havia explorado todas as facetas de sua personalidade. Isso é, ao que tudo indiga, muito importante para o martelo mágico, pois, como já comentei, a personalidade em formação mostra insegurança e um lider não pode se mostrar inseguro. O Thor barrigudo e cheio de neuras (mas que, apesar do medo, encara Thanos e seu passado) é mais digno do que o Thor musculoso e explosivo do primeiro filme.

Ainda durante  Era de Ultron, Steve e Tony discutem enquanto cortam lenha e Tony diz que "não confia em ninguém que não tenha um lado sombrio" e Steve rebate que "talvez Tony não o tenha visto"... e ele o veria, SIM, em Guerra Civil. Alí, Steve tem todas as suas convicções de amizade e lealdade destruídas.
De um lado, manter a lealdade ao amigo Bucky e, de outro, cumprir a lei exigida por seu outro amigo Tony Stark. Isso leva nosso herói a um dilema interno gigante, onde ele conhece verdadeiramente quem ele é de verdade. Provavelmente nem o próprio Steve tinha dimensão da retidão de suas escolhas. Durante Guerra Infinita, vemos que Steve está mais sombrio, barba fechada e uniforme escuro, bastante judiado, sem o escudo que carrega a estrela americana. Contudo, Steve percebe seu compromisso e age de forma a atender um bem maior, reencontra velhos companheiros como Maquina de Combate e se une a eles, apesar das brigas anteriores, na intenção de um bem maior. 

Conclusão sobre Steve Rogers e o martelo mágico


No meu ponto de vista, Steve Rogers só se torna merecedor de erguer o martelo, verdadeiramente, em Ultimato. O que me faz discordar do que foi dito pelos irmãos Russo. Sua personalidade ainda não era trabalhada o bastante o Mjolnir ter certeza de que o poder do trovão não seria usado de outra forma que não fosse as dignas.

É sabido por todos nós que Steve Rogers sempre teve características muito próximas das que o Mjolnir "entende" como próprias de um possível portador, mas também sabemos que Steve é o tipo de amigo que, educadamente, não teria coragem de fazer o deus do trovão "passar vergonha" diante dos Vingadores numa brincadeira regada a bebida alcoolica. E você?! Concorda com isso ou acha que o primeiro Vingador já era capaz de erguer o martelo de Thor? Deixe nos comentários sua opinião e acompanhe o Café com Pipoca nas redes sociais para ficar mais informado: 
·                     Instagram: @cafecompipoca_
·                     Bloglovin: Café com Pipoca
·                     Twitter: @cafecompipoca1

·                     Facebook: Café com Pipoca

Nenhum comentário:

Postar um comentário