Batman: Arkham Nightmare - Parte 3 - OZYMANDIAS_REALISTA...

Breaking

Ano IV! Quadrinhos, cinema, opinião, downloads, xadrez e mais 200 coisas.

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Batman: Arkham Nightmare - Parte 3


No telhado do prédio da polícia Gordon pergunta pelo rádio "Batman foi derrotado? Ele não pode ter morrido. Batman não está morto até que vocês encontrem o corpo dele. Quem é você?" Azrael aparece do lado dele e responde 

"Eu sou o novo herói de Gotham. Mas eu não sou seu amigo, eu não sirvo a você, sirvo apenas a Ordem de São Dumas. Contanto que a polícia não entre no meu caminho, não terá que se preocupar comigo. O aviso foi dado" Então ele pula para fora do prédio. Robin se revela para Gordon que pergunta

"Então o grandão desapareceu de novo, am?"
"Não conseguimos encontrar o corpo Gordon. Se não achamos o Batman..."
"... então ele continua por aí. Mas quem é esse cara? O de vermelho."
"Sabemos nada sobre ele, mas já está pela cidade desde quando tivemos problemas com o Hugo Strange e Arkham City. Não duvido que ele trabalhe para a Liga das Sombras."
"Ele disse Ordem de São Dumas, já ouviu falar?"
"Não, parece que temos muito a investigar. Não vou ser estúpido de chegar de frente contra um cara que derrotou o Bane em segundos, temos que ter paciência, descobrir o que ele quer. Gordon, perdemos o Espantalho mais uma vez... isso tudo está só começando."


Capuz Vermelho chega de moto em uma rua mal habitada e descendo da moto já a lança contra alguns criminosos. Os outros ao invés de correrem se colocam a frente, ele diz "Vocês não vão querer briga comigo." Controlando o Capuz Vermelho você tem que derrotar os bandidos e perguntar sobre o paradeiro do Espantalho. Então como Capuz Vermelho você vai investigando até chegar no Pinguim, no bar Iceberg. Bem, pra agilizar, vamos estabelecer logo tudo em Gotham. Sem o Batman sobraria apenas os personagens das missões secundárias, que agora se tornam principais. Mulher-Gato, Robin e Asa Noturna, agora também tem o Capuz Vermelho. Mas então haveria missões secundárias com isso tudo de personagem?! O jogo ficaria ENORME! Pra mim parece surrealmente perfeito, principalmente se for para consoles da nova geração. E sinceramente, eu não conseguia imaginar algo perfeito como Arkham City antes dele ser devidamente anunciado, nem como o Arkham Asylum que eu me lembre, então não duvido que a Rocksteady faça algo assim gigantesco e incrível. Creio que é um bom conceito, a ação com vários personagens. Um GTA V do Batman mas com o dobro de personagens. Capuz Vermelho usaria armas como metralhadoras e RPGs.

O Capuz Vermelho: age apenas pelo mundo do crime, é como controlar um vilão. Às vezes enfrentaria os chefões de Gotham, mas muitas outras trabalharia junto deles. Ele pretendia virar o novo vigilante de Gotham, mas como o plano do Espantalho foi cancelado (ou nas palavras dele, adiado) ele agora tem que se manter nas sombras enquanto tenta descobrir qualé a de Azrael e manter a sua posição nas ruas.

Mulher-Gato: para um pouco com os crimes para investigar melhor o Silêncio e descobrir o que ele quer com as empresas Wayne.

Robin: missões seguindo o rastro de Azrael tentando descobrir quem ele é.

Asa Noturna: Se mantém com missões que vão mostrando o que tá rolando com personagens secundários como a Hera Venenosa e o Chapeleiro Louco.


Em uma missão a Mulher-Gato tem que passar pelos sistemas de defesa das Empresas Wayne burlando a segurança. No final ela encontra com "Bruce Wayne" e estranha, concluindo que é o Silêncio. Ele explica que sem o verdadeiro Bruce Wayne, ela terá que deixá-lo lá se não quiser que suspeitem de um desaparecimento de Bruce Wayne. Asa Noturna vai acertar contas com o Mr. Freeze em certo ponto e descobre qual era o plano de Silêncio. Assim ele volta para a mansão onde só está Alfred. Silêncio invadiu a mansão se fingindo de Bruce e deixou Alfred como refém, assim os dois ajudantes tem que se infiltrar pela Bat-Caverna para se livrar de Silêncio de uma vez por todas, porém, não podem mandá-lo para o Arkham, assim concluindo que é hora de avançar para o Máscara Negra. Silêncio revela que o seu plano era vencer Batman e todos os seus aliados, Espantalho estava reunindo inimigos pessoais de Bruce Wayne para finalmente destruí-lo, mas ele diz que um teve que ficar de fora, subentende-se que é o Coringa.


Mulher-Gato vai investigar a estação de metrô abandonada depois que houve o terremoto na cidade e lá ela se encontra com Tim que também estava procurando por pistas. Juntos os dois descobrem que se trata de uma "Bat-Caverna" do Capuz Vermelho e acabam encontrando com ele. O lugar está lotado de explosivos e armadilhas e eles tem que evitá-lo ao mesmo tempo que escapam da destruição do lugar. Ao saírem Azrael surge para acertar contas com Capuz Vermelho, mas é claro que uma luta começa a partir disso, Robin entra e acaba se ferindo, dando espaço para o Capuz Vermelho fugir. Azrael vence de Robin e fala "Você não é meu inimigo, a minha guerra é contra o crime. Mas se continuar intervindo, não terei opção além de me livrar de você." Mesmo após levar sério dano Robin resolve seguir Azrael, ele deve ter uma base, algum lugar em que descansa.


Asa Noturna leva Silêncio no Bat-Móvel de volta para as empresas Wayne, mas diz que ele estará sob vigilância caso tente fazer qualquer coisa que suje o nome de Bruce. Ele leva o vilão até o andar principal da administração e lá encontra com Máscara Negra, já armado e cheio de reféns em uma sala de reuniões, ele pode ver um tubo de gás do medo. Ele diz: "Nada disso! O que vocês estão se intrometendo?! O império de Wayne é meu!" ele tenta atirar em Asa mas ele desvia e o desarma lançando um de seus nunchakus, Máscara então apera um dispositivo e o gás começa a ser lançado enquanto ele corre helicóptero e diz "Silêncio!"
"Eu vou ficar por aqui mesmo, sou o dono desse lugar, hahaha".


Dick então lança um rastreador no helicóptero e procura uma forma de ventilar a sala para dispersar o gás antes que dê efeito. Depois desce para o subterrâneo do prédio pegar aquele tipo de asa que ele usa para voo. Perseguindo Máscara Negra ele consegue forçar a aterrizagem do helicóptero próximo ao cemitério. Ele rende Máscara Negra e para a sua surpresa Espantalho aparece, ele diz que Asa Noturna está próximo de ver o gran finale de Gotham City.

Robin acaba chegando na Igreja, e lá dentro começa a procurar sorrateiramente por Azrael. Então uma passagem se abre abaixo do órgão e Azrael surge dando um tremendo salto, ele nocauteia o Robin no chão e diz que o avisou para não entrar no seu caminho.

"Eu só quero saber quem você é! Se pode ser confiado! Eu também defendo Gotham, e há mais tempo que você!"
"Eu sirvo à Ordem de São Dumas, sou Azrael, fui criado para ser o combatente perfeito contra o crime. Estava se aproximando o tempo em que as técnicas de Batman já não seriam mais eficientes. Os seus inimigos já estavam se unindo para fazer algo grande contra ele."
"Como não eram eficientes?"
"Certos criminosos devem ser eliminados, as prisões não são o suficiente para alguns."
"Mas Batman era um ídolo, um símbolo! Ele inspirava a cidade, você assusta as pessoas."
"Meus métodos funcionam. Una-se a mim, ou saia do meu caminho."
"Mas então, tem algo grande que vai acontecer. Eles se livraram do Batman, mas nós não conseguimos descobrir exatamente o que Espantalho colocará em ação. O que você sabe?"
"Sei que sou capaz de impedir qualquer força do crime."


Asa-Noturna se vê rodeado de capangas, capangas demais, então Espantalho explica o seu plano. Ele diz que com os tanques de gás do medo estrategicamente localizados, a cidade poderá entrar em caos total. Mas isso ocorreria de forma gradativa, seria um novo tipo de gás. Esse iria causando efeitos como ódio, desprezo, medo e desejo de exclusão, até que as pessoas estivessem com uma fobia inexplicável que seria vista como uma doença social e não química. Asa Noturna diz que ainda há tempo do plano de Crane falhar, mas Crane diz que ele já começou, e falta pouco para os efeitos ficarem críticos. No Asilo Arkham todos os funcionários já estão afetados, o lugar está um caos de forma que é quase impossível levar os criminosos para lá, eles já estão tendo grandes dificuldades para que os que estão lá não escapem. Ele explica que com as ligações com a gangue do Máscara Negra e o seu desaparecimento, foi uma questão de paciência e planejamento para espalhar os tanques pela cidade. Ele pretendia apresentar o seu trabalho para o Batman, mas Azrael quebrou a sequência dos seus planos. Como ele venceu o Batman por ele, agora Azrael que é o problema, mas quando estiver em condições de enfrentar o Espantalho, ele terá a cidade toda contra ele.


Após uma sequência de missões com a Mulher-Gato, Capuz Vermelho, Robin e Asa Noturna que levariam a essa situação, você retoma o controle do Batman. Em um lugar meio desértico, na pura luz do Sol, você vai dirigindo no batpod (a moto) por uma estrada, às vezes passando por rochas. Alguns pensamentos vão passando pela mente do Batman, frases, recordações. O objetivo é uma casa, quando já está se aproximando, você vê a casa explodindo. Você se aproxima lentamente, e Batman se ajoelha para pegar o corpo morto de Jason Todd. Bruce Wayne (o verdadeiro) se sentindo completamente quebrado abre os olhos, teve um sonho terrível. Ele está num lugar estranho, completamente escuro, há um grande crucifixo vermelho na porta a sua frente.

Conclusão se aproximando na Parte 4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog