Você lembra dos heróis de Hannah-Barbera? - OZYMANDIAS_REALISTA...

Breaking

Ano IV! Quadrinhos, cinema, opinião, downloads, xadrez e mais 200 coisas.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Você lembra dos heróis de Hannah-Barbera?


A Formiga Atômica

Criado em 1965, o super-herói que tinha super-força, velocidade e voo, vivia em seu formigueiro esperando o chamado da policia, que queria ajuda nos casos. Sua frase de efeito era: "Lá Vai a Triônica, Formiga Atômica."

Super Amigos



O primeiro contato que muitos nerds tiveram com o universo DC, mas com a adição de muitos elementos da "tia" Hanna-Barbera. Diferente do que conhecemos hoje sobre a Liga da Justiça, Aqui, Aquaman, Batman, Robin, Superman e Mulher-Maravilha, se unem aos adolescentes Marvin e Wendy, além de seu mascote, o super-cão, para combater o mal no mundo. Na segunda temporada, os três personagens desnecessários dão lugar ao Super-Gêmeos, e seu macaco Click. Na terceira temporada, outros heróis da DC, como Cyborg, Nuclear, Flash, Lanterna Verde, etc, se unem com outros originais da Hannah-Barbera, o Chefe Apache, Samurai, Vulcão Negro e Eldorado.

Hong Kong Fu


Um dos meus Favoritos, a trama girava em torno de um cachorro que trabalhava de zelador na delegacia da cidade, onde ficava a par dos casos. Junto de seu gato, China, ele se transformava em Hong Kong Fu, o herói defensor da cidade. Houve uma época em que falaram de uma versão em Live-Action, protagonizada por Eddie Murphy, mas pelo jeito, nunca saiu do papel #triste.

Sansão e Golias

Sendo exibido em 1967, a trama girava em torno de um garoto e seu cachorro, que viajam o país em uma lambreta. Quando seus poderes eram necessários, o garoto girava seus braceletes e se transformava no Jovem Sansão, com força descomunal, agilidade e voô. Seu cachorro, quando atingido pelos raios dos braceletes, se transformava no Leão Golias.

Os Herculóides


O desenho mostrava as aventuras dos defensores do planeta Quasar, o bárbaro Zandor, sua esposa Tara e seu filho Dorno. Apesar deles serem os protagonistas humanos, quem dava título à animação eram os monstros que os acompanhavam. 

Dinamite, O Bionicão

Visivelmente, uma paródia de Batman e Robin. O milionário Radley Crown é secretamente um super-herói chamado de Falcão Azul, que fica em sua base, até ser chamado para missões com o Falco-sinal. Junto de seu companheiro, o atrapalhado Bionicão, eles enfrentam os criminosos de Big City.
Frankenstein Jr.



Exibido em 1966, teve apenas uma temporada, sendo cancelada, por incrível que pareça, devido à criticas à violência contida na série. Na trama, o garoto Bob Conroy (Buzz Conroy no original) e seu pai, combatiam vilões com a ajuda de um robô gigante, controlado por um anel de Bob, chamado de Frankenstein Jr.

Homem-Pássaro


Esse é um dos meus favoritos, mostrando o herói homônimo, cujo a identidade era Ray Randall, que ganhou poderes solares do deus egípcio Rá. Usando asas imensas para voar, ele é contratado por uma agência secreta para lutar contra o crime. Ele tinha dois sidekicks, sendo um deles um Falcão, chamado criativamente de Falcão 7, e uma versão mirim de sí mesmo, o Garoto-Pássaro.

Os Impossiveis


 Exibido em dobradinha com Frankenstein Jr. (mas durou o dobro), a animação explorava duas modas da decada de 60, as bandas de Rock (era a era dos Beatles) e super-heróis. Trazendo uma banda de rock chamada de Os Impossiveis, os musicos combatiam o crime nas horas vagas. O grupo era formado por Multi-Homem, que tinha a habilidade criar clones de si mesmo, Homem-Mola, que transformava seus membros em molas, e Homem-Fluído, que...Ah é auto-explicativo né?! 

A Tartaruga Touche

Com o bordão "Vivaaaa Touche", gritado sempre enquanto chegava pendurado em uma corda, a Tartaruga Touche, junto de seu companheiro Dum Dum, combatia as ameaças do reino, no velho estilo Mosqueteiro.

O Poderoso Mightor

Usando a formula do He-man antes do principe Adam nascer, O Poderoso Mightor nos conta a historia de um homem das cavernas chamado Tor, que para proteger a sua tribo, usava os poderes de uma clava mágica, que o transformava em Mightor. Assim como o He-Man, ele tinha um mascote, no caso, um dinossauro, que ele transformava em um ser voador.

Space Ghost

Space Ghost trazia as aventuras do herói espacial que dava título ao desenho, junto com seus parceiros adolescentes, Jan e Jace, e seu macaco mascote Blip. Tendo duas temporadas na década de 60, o personagem retorna nos anos 80 com novos episódios, mas durando apenas uma temporada dessa vez. Além disso, também houve uma parodia de Talk Show, chamado de Space Ghost de Costa a Costa, que foi transmitido de 1994 a 2004, no Adult Swim.


Galaxy Trio

Sendo O meu favorito, o desenho trazia a historia de 3 super-
heróis que patrulhavam a galaxia a bordo da nave Condor 1. O trio era formado por Homem-Meteoro, capaz de aumentar o tamanho de seu corpo inteiro, ou partes dele (oia a mente suja mininu), Mulher-Flutuadora, que podia manipular a gravidade (é um jeito bonito de explicar os poderes dela, já que ela só fazia as coisas flutuarem) e Homem-Vapor, que podia se transformar em diversos tipos de gases (porque se fosse só vapor mesmo, ele não derreteria as coisas né?!).


Menção Honrosa - O Coisa


O Quarteto Fantástico também já foi adaptado pelos estúdios de Hanna-Barbera, porém, houve uma animação que usava o conceito de um dos personagens mais clássicos da casa das idéias, só que usando liberdades poéticas suficientes para fazer qualquer Marvete cortar os pulsos. "A Coisa" contava a historia de Benjy, chamado por aqui de Benja, que usava dois anéis para se transformar no Coisa, um homem de pedra com força descomunal. Não existia super-vilões na animação, apenas adolescentes lidando com bullyng e entrando  em confusões. Imagino isso sendo lançado hoje em dia...

Fonte: https://www.nerdcult.com.br/2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog