.

Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Kojima expressa frustração quanto ao cancelamento de Silent Hills


As pessoas supõe que o Kojima foi proibido de falar sobre a sua saída da Konami, pois é meio esquisito um desenvolvedor do nível dele sair de uma empresa desse tamanho e não falar nada explicando. Vale lembrar que ele não foi o primeiro com quem isso aconteceu. Dia 18 houve encontro de desenvolvedores DICE Summit, e o japa palestrou junto com o cineasta Guillermo del Toro. Levando em consideração que houve a muito bem recebida demo "P.T.", e depois foi revelado o anúncio de "Silent Hills", Kojima metaforizou para explicar como se sente com o cancelamento do game.

"Imagine que você quer escalar o Everest, mas começa escalando o Monte Fuji primeiro. Tudo dá certo, você se sente bem. Aí você se prepara para escalar o Everest e não te deixam. Isso não é bom"


Ele afirmou que chegou a ficar deprimido, inclusive porque era o primeiro projeto que ele ia trabalhar em colaboração com del Toro e Norman Reedus (o atorzinho do Walking Dead, imagem acima). 

"Eles realmente me apoiaram em uma das épocas mais difíceis. Gostaria de fazer algo com eles antes de morrer"

Gente, que pesado. Hum, um ator que atrai público, um específico diretor de cinema e Hideo Kojima... Sabe o que eles podiam fazer? Sabe, né? Você sabe.



Kojima também se defendeu quando foi levantada a questão de que os games dele demoram tempo demais pra serem terminados e custam muito dinheiro. 

"Isso é um conceito errado. Meu último projeto (Metal Gear Solid V: The Phantom Pain) atrasou cinco meses, mas eu sempre dei minha palavra sobre prazos e orçamento. Por exemplo, eu sempre levo de três a quatro anos para fazer um jogo, mas esse é o plano desde o começo."

É, eu me lembro que o Metal Gear Solid 4 levou uma eternidade pra sair. Mas há exemplos bem piores, como o Tetsuya Nomura da Square-Enix. Gente, já vai dar 11 anos que não sai Kingdom Hearts III e Final Fantasy XV! E do jeito que os games (e a "cultura nerd" em geral) tá ficando retardada, há várias pessoas com um medo real que quando sair esses jogos, como o Final Fantasy XV, acabe sendo uma distração caríssima mas sem finalidade alguma ou qualquer conteúdo mais sensível e profundo. Não era o caso dos antigos...


E bem, todos os Metal Gears valeram a pena, foram trabalhos únicos e grandiosos. A única exceção foi o último, mas também, a treta não ficou muito bem explicada. Cheguei a escrever uma análise ano passado, se quiser conferir o post:


Eu até chamei de "O que ninguém está falando sobre Metal Gear Solid V", porque na boa, ver um monte de sites dizendo que foi o melhor título da série... Esse negócio já tá ficando meio assustador, sério.


Falando em assustador, Guillermo del Toro, também conhecido como o mexicano que começou uma série de filmes do Hellboy mas não fez o último, também estava na palestra. Provavelmente por não ter medo que a Konami envie um ninja pra matá-lo, ele foi mais direto quanto a questão do desenvolvimento e disse logo o seguinte:

"Em termos de criatividade, criar jogos só é limitado pelos cretinos com o dinheiro."

Uuuuuuuuuuuh... Ooooooooolha o que ele faloooooooou. Será que del Toro não ouviu falar dos tempos do politicamente correto? Está na hora de se atualizar u.u Quem ele pensa que é pra julgar os cretinos com dinheiro? Enfim! del Toro já havia feito uma curiosa declaração no passado de que não se envolveria nunca mais com desenvolvimento de games, pois absolutamente TODOS os projetos que ele se envolveu foram cancelados por alguma razão. Mas Hideo Kojima falou que continua querendo trabalhar com o cineasta no futuro

 "Eu não sei o que vai ser. Provavelmente vai ser um inferno. Provavelmente vai ser bem difícil. Provavelmente vai ser um jogo ou um filme. Eu não ligo, mas vamos fazer."

Ele disse Inferno? Tá, parei (por hoje). A resposta del del Toro acabou sendo recíproca.

 "Eu já falei que não quero mais me envolver com desenvolvimento de games, exceto se for com esse cara aqui (aponta para Kojima). Eu faço o que ele quiser"

(musiquinha de vitória do Final Fantasy)


E o futuro? Parece criativo e promissor. Kojima já está desenvolvendo um novo game com a Sony, e pelo o que ele disse já será uma nova franquia:

"Quero que isso tenha impacto grande o bastante para que sejam criados animes e mangás do seu universo, algo que seja rico o bastante para ser expandido"

Foda vai ser superar o Metal Gear, mas de qualquer maneira, ficamos no aguardo. Como eu vi um cara falando no mundo de comentário da Internet... esses caras vão acabar se tornando os Hollywood Vampires dos videogames, hehe. Eu não colocaria melhor.

É uma bela dupla.

Nenhum comentário:

Postar um comentário