terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Compartilhando do Blog Parceiro: Lá é Diferente


   Nessa semana que passou, um dos assuntos mais comentados foi a execução "fria" de um traficante brasileiro pego com vários quilos de Michael Caine cocaína na Indonésia. Como sempre estou olhando as atualizações dos blogs parceiros, encontrei um texto curto, porém muito interessante escrito pelo 5n3v35, no qual ele observa a falta de rigor que o Brasil tem, portanto o quanto ele fica "horrizado" com países mais sérios. Pedi autorização ao autor para colocar o texto, e aqui embaixo está ele. O fundo da postagem branca, e não cinza como o comum, vai ser sempre para destacar textos convidados de outros blogs, lembrando que no final do post tem o link da postagem original, não deixe de conferir.

Vimos através da mídia que há muitas coisas que aqui no Brasil é normal e que lá fora é simplesmente diferente.
Aqui no Brasil vem se tornando normal desrespeitar religião, seja qual for. Tudo pode, até mesmo insinuar que Jesus Cristo é gay.

Vimos que para os Mulçumanos a coisa funciona diferente, pelo menos entre os radicais. Quando os EUA estavam produzindo um filme de segunda parodiando Maomé a coisa ficou séria. A coisa não parou por aí. O que para nós brasileiros é normal, uma caricatura desrespeitando alguma religião; novamente vimos que para os extremistas Islâmicos em furor... 12 pessoas morreram num atentado que chamou a atenção do mundo.


... voltamos a falar de liberdade de expressão.
Qual o limite?
... voltamos a falar de desrespeito a religião.
Qual o limite? 
Outra coisa que aqui no Brasil tem se tornado normal... e lá fora não é, na Indonésia são condenados a morte os traficantes.
Foi o que aconteceu com o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos e foram também executados na ilha de Nusakambangan, Ang Kiem Soe, um cidadão holandês; Namaona Denis, um residente do Malawi; Daniel Enemuo, nigeriano, e uma cidadã indonésia, Rani Andriani. Outra vietnamita, Tran Thi Bich Hanh, foi executada em Boyolali, na Ilha de Java.
Nossa Presidenta Dilma tentou que se desse um "jeitinho" no caso, como lá não é o Brasil... a execução aconteceu.
... é, há muita coisa lá fora que funcionam de forma diferente, assim podemos notar nestes dois casos.
Aqui no Brasil muita coisa pode e outras se lutam para poder, mas precisamos entender que em outras terras a coisa funciona de forma diferente.
Aqui nos "acostumamos" a ver manifestantes nus se masturbando dentro ou em praça publica com crucifixos. Bandidos entrando para a carreira política, "mata mas faz". Entre tantas coisas...
Cada lugar funciona de uma forma diferente. Cada povo com seus costumes. Cada nação com suas leis... o Brasil tem lei?

12 pessoas morreram num atentado que chamou a atenção do mundo. 

são condenados a morte os traficantes.

Dilma tentou que se desse um "jeitinho" no caso, como lá não é o Brasil...




Nenhum comentário:

Postar um comentário