Batman: Arkham Nightmare - Parte 2 - OZYMANDIAS_REALISTA

Breaking

Ano IV! Quadrinhos, cinema, opinião, downloads, xadrez e mais 200 coisas.

terça-feira, 24 de julho de 2018

Batman: Arkham Nightmare - Parte 2


Bem, pessoal, eu voltei. Na parte 1 tentei estabelecer o que TOOOOODOS aqueles personagens estariam fazendo antes da história engatar, agora vou tentar dar essa engatada...

Em freeeente, marchando!


Batman deixa Todd apagado em custódia e volta para a Caverna. Alfred o avisa que não pode perder a próxima reunião das empresas Wayne de forma alguma e que ele deixe os seus ajudantes prosseguirem com as investigações sozinhos. Você dirige em um carro normal e chega no prédio, aí tem que subir normalmente como Bruce Wayne. Inesperadamente, um helicóptero surge e aterriza sem problemas. Homens armados entram na sala de reuniões, Máscara Negra entra a frente dizendo que o prédio está sob custódia.

"Boa tarde Bruce Wayne, você deve se lembrar de mim... sr. Sionis. Você não mudou nada, mas permita-me lhe apresentar... o verdadeiro Bruce Wayne!" 

Então Silêncio entra na sala sem as ataduras no rosto. Máscara Negra explica para os presentes que Bruce é um impostor que foi trocado após ser capturado em Arkham City. Bruce Wayne se entrega e vai com eles para não levantar suspeitas. Os capangas de Máscara Negra o levam para o estacionamento onde você tem que despista-los para depois nocautear um por um e descobrir para onde pretendiam levá-lo. Ele descobre que há um esconderijo do sr. Frio. Ele desce para um esconderijo subterrâneo embaixo do prédio, mas lá já encontra Silêncio, que não está sozinho, mas junto de Bane que diz "Que imprudência estar desobedecendo ordens... sr. Wayne!"


Silêncio diz "Sei que são velhos amigos. Divirtam-se, tenho uma grande reputação para destruir, Bruce." Sem equipamentos Batman tem que vencer Bane usando os equipamentos que estão no esconderijo como os veículos, não que Bane não faça o mesmo. Após nocautear Bane ele coloca a sua armadura e uma tv liga mostrando que Silêncio está atendendo à reunião normalmente como Bruce Wayne, então ele não pode impedi-lo. Como Batman ele vai atrás do Máscara Negra seguindo para o provável esconderijo do sr. Frio. Entrando lá ele começa a falar com Freeze que diz.

"Oh, Batman! Eu estava esperando por Bruce Wayne."
"Wayne está bem, agora sou eu que estou aqui. Me explique, o que vocês querem."
"Hum, me parece uma grande briga pelo controle sobre Gotham e Máscara Negra ia tomar controle sobre as fundações Wayne. Eu estou cuidando do meu lugar no meio de tudo. E parece que também há uma vendetta contra você, como de costume."
"Você os está auxiliando Freeze?! Eu salvei a sua esposa! Te salvei do Pinguim!"
"E eu fiz a cura para o vírus que estava lhe matando. Pelo meu ponto de vista, nós estamos quites."

Freeze não se prepara para uma luta, mas eis que uma massa silenciosa se aproxima do Batman. É Cara de Barro que quase o pega. Batman foge para longe, mas então sr. Frio já deixa a sua armadura em estado de defesa e pega a sua arma. Começa um pique-esconde muito mais mortal do que o de Arkham City, com Freeze e Cara de Barro vindo atrás de você. O problema é que Barro muitas vezes desaparece e surge do nada. É necessário usar as habilidades de Frio para se livrar de Barro e deixá-lo congelado para depois cuidar de Freeze. Durante o combate Batman descobre que o objetivo dos vilões era manter Bruce Wayne congelado e Cara de Barro estava lá para garantir proteção caso o Batman ou outro vigilante aparecesse. Batman consegue imobilizar Barro estourando um tanque de nitrogênio do laboratório perto dele.


Pelas comunicações de sr. Frio Batman consegue rastrear a localização do Máscara Negra e parte atrás dele. A aproximação é feita pelos telhados já que o Batmóvel chamaria muita atenção. Antes de atacar, Batman atualiza os seus ajudantes de que uma parcela muito grande de seus inimigos se reuniu para vencê-lo, para que ele não caia na armadilha é melhor que todos trabalhem juntos. Então ele passa para eles as localizações que a Mulher-Gato tinha falado.


Nesses locais Robin e Asa Noturna são atendidos com hostilidade e tem que entrar em conflito com alguns capangas do Espantalho, que atiram umas bolinhas de pano com uma fumaça que os deixa zonzos, com a visão turva. Por fim eles descobrem que os lugares continham tanques de gás do medo. Dick presume que talvez haja toda uma grande estratégia nisso e deve haver outros pontos-chave ainda.

Como Batman você pode escolher entre estourar os pneus do carro, bater nos capangas e evitar que Máscara Negra fuja, ou pular em cima do carro e tentar fazê-lo parar enquanto atiram em você. De qualquer forma, no final você tem Máscara Negra que é devidamente interrogado e explica o plano da vingança Wayne&Batman. Ele fala dos dois como se fossem pessoas diferentes, mas explica que o seu amigo Silêncio o ajudará a destruir a reputação de Bruce Wayne ao mesmo tempo que tira Gotham do Batman. "Eu não sou a mente brilhante por trás disso tudo Batman, me prender não vai evitar o seu fim. Não é porque o Coringa está morto que você terá tranquilidade. O pior está por vir, HAHA!"


O Bat-Sinal aparece no céu, Batman fala que Robin e Asa-Noturna podem ir com ele. Gordon discute a situação com Batman, sobre como parece que algo grande está para vir. Ele conta que Máscara Negra nem parecia nervoso em ir para a cadeia. Batman demonstra um pouco de insegurança enquanto fala com ele, mas no final Gordon diz "Sei que você cuidará de tudo. Sei que fará a coisa certa." Eis que a televisão pega a seguinte imagem.

"O terrorista urbano conhecido como 'O Espantalho' reapareceu depois de mais de um ano sumido e está no centro de Gotham com vários reféns amarrados escrito 'SOCORRO! CHAME O BATMAN' em suas camisas. Ele parece estar sacudindo um extintor de gás acima da cabeça, talvez seja o seu impopular gás do medo. Será que os heróis aparecerão para ajudar?"

Batman chega e finalmente fica frente a frente com Espantalho.
"Estava com medo que você não viesse Batsy. Tem gostado das distrações?"
"Deveria estar com medo agora que eu cheguei."
"Hoho, não tanto quanto você vai ficar daqui a pouco. Podem derrubar. Se eu fosse você tiraria essa gente daqui, hahahahahahah"

Um helicóptero se aproxima, uma corda desce, o Espantalho a segura mas Batman a corta com um bumerangue, Espantalho olha com raiva para ele e vai se afastando para trás. Eis que o helicóptero larga uma grande caixa de madeira. Batman recua um pouco, a caixa se abre, é Amazo.

Amazo
Batman manda as pessoas correrem e procurarem ajuda da polícia. Quando o androide com habilidades dos membros da Liga da Justiça é ativado, Batman tem que improvisar. Começa fugindo para o topo de um prédio, esperando que terminem de evacuar a área que estava sob custódia do Espantalho. Por fim com a ajuda de Robin e Asa Noturna ao mesmo tempo, Batman consegue desativar o robô com muita dificuldade, e se pergunta se esse finalmente era o plano final ou mais uma distração no seu caminho. Robin pergunta "E agora?"
"Vamos caçar o Espantalho de uma vez por todas. Vamos nos espalhar."

O comando volta novamente para Batman, e sabendo de uma explosão na Blackgate, Asa Noturna vai dar um apoio, mas tudo indica que isso deve ter evitado que Máscara Negra tenha sequer chegado lá. Quando Batman se afasta ele vê um perfil familiar em frente ao fogo causado pela destruição de Amazo. É o cara esquisito de Arkham City! É o Azrael! Batman se aproxima para falar com ele, e ele não se afasta.


"Você! O que você está fazendo agora que voltou para Gotham?"
"Eu estou lhe observando, Cavaleiro das Trevas."
"É você que está por trás disso? É você que está comandando o Espantalho e todos os outros?"
"Não Batman, esses são seus inimigos, eu não sou seu inimigo. Mas o momento que eu lhe avisei está chegando. É inevitável. Você cairá, Batman. E então... eu tomarei Gotham de você."
"Quem é você?"
"Meu nome é Azrael, eu sou o vigilante superior."

E foge enquanto Batman o observa. Ele liga para Alfred e o atualiza da situação. Não demora e a frequência da polícia entra em ação. Gordon diz que a noite será longa e pelo visto Amazo era só o começo. Batman não tinha conseguido prender Bane quando foi atrás do Frio e agora ele havia feito reféns em um prédio. Ao chegar no local Batman fala com o Comissário Gordon, que pergunta.
"Por que todos na mesma noite? Não pode ser coincidência."
"E não é, eles já tinham isso planejado."
"E ei! Você vai entrar lá dentro?"
"É a única forma de descobrir o que eles tem pra mim."
"Boa sorte."

Entrando lá dentro Batman tem que lidar com explosivos, reféns, até chegar em Bane. Que diz. "Esforço inútil, Batman. Todo esse lugar vai para baixo."
"Eu vi os explosivos Bane, cuidarei deles logo depois que terminar com você."
"Ah... está confiante? Espero que não se importe, você usou os seus brinquedos da última vez, dessa vez alguns amigos quiseram se unir também."

Prometheus

Então aparecem Espantalho, Máscara Negra e Prometheus. Espantalho mantém um pouco a distância e usa mais estratégia, Máscara Negra apenas assiste e a luta acaba sendo mais contra Bane e o Prometheus. No fim Bane leva a luta para o telhado e Batman grita.

"Desistam logo, todo esse lugar vai para os céus em breve!"

 Prometheus surge atrás dele, já cansado, mas não para de atirar. Asa Noturna chega de moto e começa a tomar altura para dar back-up pro Batman. A jogabilidade muda para o Robin e você começa a perseguir o Espantalho, ele segue um caminho estranho pelos esgotos e vai falando sozinho. Uma hora ele nota a presença do Robin e começa a se esconder e atirar bombas de gás a distância. "Você sabe que fim tomam os Robins?! Sabe? Conheço um que ficou bem revoltado com as condições de trabalho, hahahaha." Robin consegue vencê-lo e quando Espantalho está no chão, eles ouvem um rosnado e Crane diz "E aí vem o Crocodilo!". Killer Croc aparece violentamente e joga Robin para longe, ele destrói o teto e bloqueia o caminho.


Robin vai usando a sua Detective Vision para se encontrar nos esgotos. Nisso ele vai evitando de topar com o Homem-Crocodilo, mas este tem sentidos aguçados ao seu favor, então o encontro entre os dois acaba sendo inevitável, e Robin tem que plantar uma daquelas suas bombinhas nas costas do Croc para deixá-lo atordoado e aí fugir. Oráculo diz pra ele que haviam poucas saídas possíveis dos esgotos para a superfície e deve ser fácil encontrar o Espantalho agora.


Voltando ao Batman, Bane grita "Você cairá Batman!"
"Não vocês serão entregues a justiça! Como em todas às vezes."
Então uma outra voz grita "Não!"
Caindo do nada Azrael desequilibra Batman para longe, ele corta a barriga do Bane com seus braceletes e vira um golpe forte contra a sua cabeça. Ele se vira desvia de Prometheus e gruda uma bomba nele, com um gancho ele o joga longe então explode a bomba. Batman tenta atacá-lo mas ele dá outro soco nele e volta para Bane, cujo qual ele simplesmente finaliza. Batman se levanta cansado e grita "Você! Você não pode fazer isso!"
"Não, Batman. Eu já estou fazendo. Você teve a sua chance. Agora, como prometido, queimará."


A explosão ocorre, o teto desaba, Azrael foge, mas Batman cai na explosão e não consegue fazer com que seu gancho se prenda em nada e nem se segurar durante a queda, indo para o fundo do fogo. Asa Noturna grita "NÃÃÃÃÃO". Robin ouve a explosão e encontra o Espantalho que está se encontrando com o Máscara Negra. Ele o informa.

"Crane! Apareceu um novo cara! Isso não estava nos planos!"
"Como assim? O Bane já foi derrotado?"
"Não... o Batman perdeu."
"?!"
"Estou te falando, apareceu um novo cara, vamos embora daqui. Ele era um vigilante, mas parecia louco, um tipo de ninja. Saía fogo de suas mãos e é capaz que tenha matado Bane e Prometheus em questão de segundos. Nunca tinha visto nada desse tipo"
"E... o Batman?"
"Batman também. No final não precisava ter gasto dinheiro com aquela porra de robô de novo!"

Robin em choque tenta sair de fininho, mas Espantalho já havia notado a presença dele e o surpreende injetando o seu soro no braço dele. Robin entra em vertigem enquanto vê Espantalho falar para ele "Não se preocupe passarinho, o meu show não foi cancelado, apenas adiado. Gotham ainda sentirá o meu Reinado do Medo! E faço questão que você participe, hahahaha"


Robin se supera e enquanto vê Espantalho e Máscara Negra irem embora ele vai se levantando e começa a dirigir em direção ao local onde Batman foi visto pela última vez. Na moto ele vai tendo vertigens, ouvindo vozes, vendo coisas, mas ao chegar lá reconhece o seu amigo Asa Noturna, ele diz

"Tim... Batman está morto."
"O quê?! Isso não pode ser verdade! Me diz que faz parte da alucinação! Ele não pode ter morrido!"
"Tim!"
"Ele já passou por isso antes!"
"Tim! Calma!"

Então eles estão circulados por alguns ninjas parecidos com monges, eles vão os enfrentando, não sabem o que eles fazem lá. O novo vigilante da cidade agora é Azrael.


Você então toma controle de Jason Todd. Ele está preso na caverna, olha para a sua velha roupa de Robin. Ele consegue acertar o teclado do computador com a sua máscara e as algemas que o prendem se desativam. Ele então se esconde e espera Alfred chegar, quando o vê o dá uma chave pelo pescoço e manda que ele fique quieto e libere a saída.

"Você sabe, Jason, você sabe que nunca será visto como um inimigo aqui dentro."
"Cala a boca, Alfred, pelo visto você continua na mesma. Abra a saída pra eu fugir daqui."
"Eu abrirei. Por mim você está livre para sair. Mas pense bem nas suas atitudes, Jason Todd"

Jason olha para a bat-nave, mas acha melhor escolher a moto, e então sai da Bat-Caverna. Ao chegar nas ruas, ele descobre que o plano de Espantalho não se concretizou, e ele não é o novo vigilante de Gotham, mas sim... Azrael.


Continua na parte 3.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog