ESCALPO #59 – FINAL DA TRILHA Parte 04 de 05 - OZYMANDIAS_REALISTA

Breaking

Ano IV! Quadrinhos, cinema, opinião, downloads, xadrez e mais 200 coisas.

terça-feira, 5 de junho de 2018

ESCALPO #59 – FINAL DA TRILHA Parte 04 de 05



Escritor: Jason Aaron
Desenhista e arte-finalista: R.M. Guera
Colorista: Giulia Brusco
Capa: Jock
Tradução e revisão: Ozymandias_Realista
Finalização e diagramação: Epistarse HQs

“Ai está. Ai tem tudo o que restou. Cada centavo. Se querem isso, tudo o que precisam é ir lá e pegar.”

A dramática penúltima edição da série, que verdade seja dita, é onde os principais confrontos acontecem, restando a próxima a tarefa ingrata de tentar fechar diversos arcos que ficaram em abertos, até chegarmos, como indica o nome, no “final da trilha”. Após tantas insinuações e tensões causadas antes, Aaron agora deixa sua trama explodir, se contendo apenas no ponto de deixar o mais doloroso “continua” até aqui, um barril de pólvora onde não dá mais para apagar o fogo.
O final de tudo ainda divide opiniões. Ele me lembra em determinados pontos o de Preacher, pensando agora, mais pontos do que eu jamais tinha associado. Em breve defesa da obra, ainda argumento que mesmo ela se acabando com a sensação de incompleta (se associado pelo leitor uma quantidade absurda de personagens que tiveram seu protagonismo em determinadas edições, e depois “sumiram”), ainda foi mais válida essa ação, do que estendê-la ao ponto da trama perder mais seu sentido inicial da infiltração / prisão de Corvo Vermelho, bem como o solucionar de todos seus crimes.


Minha desavença com a edição reside no aspecto de “suavizar” algo previamente estabelecido, como uma forma de “plot twist” a reforçar um antagonista, que por mais trágico e diferente que seja, fica aquém da complexidade dos demais núcleos do seriado. Chamaremos de “problema Apanhador”, para ficar em termos mais simples, uma espécie de “espantalho para atrair responsabilidades” usado de última hora. Até a próxima edição e o –literal- fim desse ciclo! Destaque para e entrada “Scarface” do Lincoln nas primeiras páginas, consideravelmente, um dos dez melhores momentos da saga.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog