PESQUISA



smc

sábado, 25 de junho de 2016

Alan Moore declara aposentadoria das HQs


O mestre disse adeus. Em uma entrevista no Odditorium, conversando com outro escritor, o John Higgs, Alan comentou abertamente sobre o que planeja para o seu futuro artístico e profissional, confirmando que após a conclusão da "Liga Extraordinária" ele não sente mais interesse em trabalhar com o mundo da nona arte. Leia por si próprio:

"Eu realmente pretendo encerrar minha carreira nos Quadrinhos. Creio que vou finalizar o CINEMA PURGATORIO, há ainda uma outra série em que tenho que preparar 48 páginas, e então eu e Kevin O'Neill queremos fazer o volume final da LIGA EXTRAORDINÁRIA, que vai amarrar todas as pontas soltas, incluindo até mesmo aquelas pendências que nem você sabia que existiam nos volumes anteriores. Calculo que serão mais 250 páginas de Quadrinhos. E então eu farei qualquer coisa que me der vontade."

"Uma das coisas que me tirou dos Quadrinhos, e isso é uma espécie de confissão da minha imaturidade, é que os quadrinhos são aceitáveis nos dias de hoje. Todos gostam de Quadrinhos. Eles são uma coisa bonita de se ter nas mesas dos cafés. Mas eu realmente gostava dos Quadrinhos quando as pessoas os odiavam. Acho que era uma mídia genial que era negligenciada e que eu poderia fazer coisas fantásticas ali. E cá estamos nós hoje. Nestes dias eu prefiro fazer coisas que ninguém quer, porque a arte é sobre isso, não diz respeito ao que o público deseja, mas sobre o que quero.

"Há muitas outras coisas por fazer... Eu vim dos Arts Lab, onde fazíamos de tudo, e por isso os Arts Lab eram divertidos. Fiz algumas tiras em quadrinhos no Arts Lab, mas fiz mais performances e poemas, e também textos em prosa. Sempre gostei de fazer quase tudo, mas esse lance dos Quadrinhos teve um êxito inesperado."


Alan é considerado por muitos o melhor escritor de HQs que já existiu. Ele revolucionou nos poucos anos que passou com os gigantes do mercado, como a Marvel UK, AD2000 e DC Comics, posteriormente conseguindo críticas extremamente positivas com seus trabalhos alternativos. Pode parecer um choque pra quem não acompanha tudo que ele faz, mas essa aposentadoria não foge muito do caminho que ele tava não. Na verdade foge nada. Nos últimos anos alguns dos seus trabalhos mais falados foi o curta sobre purgatório, "The Show" e seu vindouro novo livro. Mesmo assim ele andou trabalhando com séries bem recebidas, como "Fashion Beast", "Providence" e "Crossed+". É sério, há caras que aposentaram das HQs bem mais jovens que ele; que já está com mais de sessenta anos (sessenta e dois).


Passaremos longe de esquecê-lo. Além de provavelmente levar um tempo pra lançar a conclusão da "Liga Extraordinária", durante o ano ainda poderemos ver nas bancas sendo republicados seus trabalhos, como "Watchmen", "V de Vingança", "A Piada Mortal", "O Que Aconteceu Ao Homem de Aço?", "Promethea", "Tom Strong" e tantos outros. Vale lembrar que temos um post resumindo muitas das principais partes da carreira dele:


Você pode conferir o vídeo com a entrevista no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=WCBBIOruU90&feature=youtu.be

Em 13 de setembro sai "Jerusalém", seu novo livro.









Nenhum comentário:

Postar um comentário