Pesquisar este blog

smc

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Review: Batman do Futuro (2010)



Review de Batman do Futuro, do encadernado Batman Beyond: Hush Beyond, com roteiro de Adam Beechen e desenhos de Ryan Benjamin. Originalmente em Batman Beyond (Vol.3) #1-6.



Comentários:

Edição #1: Nova Gotham. Terry McGinnis e Bruce Wayne continuam sua incansável luta contra o crime. Indícios de assassinatos em série de ex-vilões apontam para o Duas-Caras, mas as pistas podem não ser exatamente o que parecem.

Edição #2: A próxima vítima, outro ex-vilão de segunda categoria relacionado ao Batman, acabou deixando pistas que responsabilizam o Pingüim. Mas, a verdade é que as suspeitas maiores recaem sobre Silêncio, supostamente morto há muito tempo atrás.

Edição #3: Esgotado de sua últimas missões e sem descansar, Terry é facilmente derrotado em seu primeiro confronto com “Silêncio” e não consegue evitar a morte do Homem-Calendário. Agora ele busca algumas respostas com pessoas que conhecem bem o Batman, como Tim Drake e Dick Grayson.

Edição #4: Bruce envia um bat-robô que ele desenvolveu recentemente, enquanto Silêncio tentava matar a nova Mulher-Gato. Depois de visitar Tim e Dick, Terry retoma sua caça à Silêncio e o confronta novamente.

Edição #5: Gravemente ferido por Silêncio, Terry é socorrido pela nova Mulher-Gato, pelo menos o suficiente para que o protetor de Nova Gotham retorne à caverna. Silêncio tira sua máscara e revela sua verdadeira. Ao mesmo tempo, a Dra. Reid que trabalha pro Cadmus revela à Comissária Bárbara Gordon toda a verdade sobre Silêncio.

Edição #6: Silêncio e os bat-robôs sob seu controle, estão para provocar um desastre em Gotham. Mesmo muito ferido, Terry vai em seu encalço, mas dessa vez, não está sozinho.




Análise:

A trama tem o lado positivo em fazer várias referências à mitologia do Batman, mantém o suspense até a edição #5 e mostra a relação conturbada de Bruce Wayne com seus aliados. Por outro lado, o personagem de Terry McGinnis fica restrito à sua área de atuação como o Batman do Futuro, deixando muito a desejar sua vida civil pessoal. No geral, leitura razoavelmente boa.




Por Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário