smc

Pesquisar este blog

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Opiniões sobre filmes "nerds" que eu não tenho entendido


Eu já havia comentado com meu amigo Ozymandias Realista que estava procurando reduzir o índice de tretas pra 2017. Mas como o Ryuk do Death Note já dizia, eu estava ficando entediado. Como primeira e última parte desnecessariamente sensível e explicativa desse post, como estamos na Internet vou deixar claro que eu sei muuuuuuuito bem que as pessoas podem ter opiniões diferentes da minha; não vou citar "opiniões que eu não gosto", são opiniões que eu não entendo por passarem a impressão que as pessoas leram e assistiram conteúdos completamente diferentes que os meus, ou falamos outra língua. Que os jogos comecem! 

É a miiiiiiiiiiiiiinha opiniãããããããão! 


Muahahahahahahaha!



10.Star Wars VII desenvolveu representatividade pela primeira vez colocando personagens negros e mulheres







???

Que tinha pouco beleza, você pode dizer que havia um tipo de "cota" só pra não deixar de ter alguns, mas não dá pra dizer que não tinha. Isso chegou ao ponto de eu ver uma lista de "filmes que marcaram a minha vida" em um site e em Star Wars VII a explicação dizia exatamente que havia sido indescritível ver um personagem negro e uma mulher chutando bundas no cinema.

???

Eu não lembro do Finn chutar a bunda de ninguém. Por outro lado quem era mais fanático por Star Wars sempre me dizia que Mace 'negro' Windu era o melhor espadachim da série. Bom lembrar como todos os problemas do Império iam acabar no Episódio III quando ele quase MATOU o Darth Sidious, o deixou implorando por piedade e com aquele visual todo disforme que nós o conhecemos.


O negro só quase matou o principal vilão da série inteira...


9.Descaracterizaram o Superman em "O Homem de Aço" porque ele matou o General Zod

Tá lendo aquilo lá? Escrito "by John Byrne"? Significa "por John Byrne".

Que tem uma maioria de pessoas que viram dois filmes do Superman e falam sobre o personagem como se fossem os maiores entendedores dele sem saberem nem quem é o Brainiac, isso a gente sabe. Como todo personagem de HQ com quase um século de existência, o Superman já passou por muitas mudanças, e haveriam alguns fãs clamando pela essência raiz do personagem. Ou não, né?

"Como a última representação de lei e justiça nesse mundo, cabe a mim agir como juiz, júri e executor."

Parece que o Superman matou o General Zod há uns trinta anos atrás e em uma história muito da clássica, pessoal! O mesmo acontece em um dos poucos filmes bons já feitos do Superman, o segundo com o Christopher Reeve. Sabe a diferença entre esses exemplos antigos e o mais recente "Man of Steel"? A diferença é que no "Man of Steel" o Superman se ajoelha no chão chorando em choque enquanto nos exemplos antigos ele o faz friamente sem demonstrar qualquer remorso imediato pela trupe do Zod.

Mas o Super-Bizarro também sabe disso.


Por que a pessoa alega estar desapontada como fã se ela odeia o personagem acusando um momento impactante do filme de ir contra a essência dele???


???


8.O Batman mata a torto e direito nas HQs


Sempre tem alguém que no início parece zuera, mas depois você vê que a pessoa tá falando sério dizendo que o Batman do Frank Miller, ou das primeiras histórias, gostava de matar as pessoas pra justificar o Batman do Ben Affleck que atropela e mete tiro na cara dos outros. Primeiro, essas HQs que o Batman mata pra tornar seu trabalho mais prático são HQs que ninguém liga, então não sei qual é o sentido de falar isso. Sério mesmo, o personagem não ficou imortalizado por essas histórias. Em outras versões ele só mata em momentos que realmente se destacam, trazendo até um tom dramático pra essas escolhas, vide o final da "Piada Mortal". Não existe qualquer versão consagrada onde ele saia assassinando pra facilitar, se fosse assim não tinha nenhum vilão.


Há quem diga que na versão do Frank Miller ele mata. É, mas ele só mata quando há realmente muita pressão e falta de opções. Isso inclusive trás o tremendo drama nas lutas contra os vilões, ele não passar essa linha. Em nenhuma parte ele pega, "agora chega" e realmente tenta matar o Coringa, o líder Mutante, o Duas-Caras, ou o... Superman. Falando em "O Cavaleiro das Trevas"...


7.O Frank Miller escreve o Batman exageradamente invencível


É uma piada engraçada, visto como o Batman do Frank Miller é fodão, sempre se superando e surpreendendo. Mas caraca, tem gente que fala como se ele fosse mal-escrito de uma forma exagerada que consegue fazer qualquer coisa e sempre vencendo de maneira não convincente.

???

O Miller o escreveu extremamente vulnerável! Na primeira HQ ele já é visto por um criminoso e reclama que é por estar muito velho e já não subir a corda tão rápido quanto gostaria. Depois ele tem uma das derrotas mais marcantes de sua carreira quase sendo assassinado pelo líder da gangue mutante. Na batalha final contra o Coringa ele leva tanta facada que quase apaga, tem que fugir da polícia com vertigem, mais pra lá do que pra cá. Aí a pessoa diz que o Frank Miller escreve um Batman invencível.



???

Cara, será que a pessoa leu mesmo? A batalha contra o Super então. Dá até pra outro tópico, cara!


6.O Batman vence o Superman de maneira forçada



Quando eu noto críticas ou opiniões mais elaboradas em torno disso, eu começo a pensar "Pera aí, isso não pode ser sério". Antes da famosa batalha o Superman sobrevive a uma explosão nuclear. O Batman apanha pra cacete, e isso porque ainda tinha contado com uma armadura poderosíssima, converter a energia da cidade para ela, ajuda da Robin e do Arqueiro Verde que atira UMA FLECHA DE KRYPTONITA! Por fim, apesar de subjugar o Superman (que claramente está se segurando por se tratar de um amigo que ele está enfrentando) o Batman ainda cai com um ataque cardíaco e é carregado nos braços do Superman! Mano, não tem como a pessoa que diz isso ter lido o gibi, cara, é complicado de entender.


5.O Cavaleiro das Trevas Ressurge é uma referência de péssimo fechamento de trilogia






???


4.O Coringa do Jared Leto é como o do Frank Miller


Essa eu ouvi da própria produção. Pensei, "deve ficar legal, interessante". Mano, um Coringa completamente apaixonado pela Arlequina não tem como ser o Coringa do Frank Miller. O Coringa do Frank Miller é gAAAaaaAAaAaay, cara! Essa é uma das características mais marcantes que ele tem. Se refere ao Batman como "querido", vai enfrentá-lo dentro do túnel do amor, passa batom na boca e age de forma afeminada várias vezes.

???


Há quem diga que isso é burrice minha porque é o Coringa do All-Star, musculoso e com tatuagens. Aaaaaah, claro. Então o Miller escreveu dois Coringas. Um é em uma HQ que é considerada uma das melhores já escritas e o outro é de uma série que bem ou mal levou ao final da linha All-Star, de tanto que os editores tavam felizes com o que o Miller tinha pra apresentar. Tipo que... nem é uma boa referência, a gente nem ficou sabendo porque o personagem tava daquele jeito. E mesmo que fosse, tem nada ver. Uma tatuagem é um dragãozão estilo Yakuza, o do filme ficou parecendo um baladeiro topzão. Tem nada a ver, caaaaaara...


3.O Deadpool diz coisas horríveis nas HQs


O filme do Deadpool foi o que teve as opiniões mais dicotomizadas que eu já vi na minha vida. Ou você é fã do personagem e inevitavelmente vai gostar do filme porque ele é uma adaptação perfeita, ou você não gosta dele porque nunca gostou mesmo e nunca vai gostar. Tipo como falam dos filmes do Tarantino. Chegou na metade do filme eu já não suportava mais, Kick-Ass 2 tem uma proposta parecida e eu achei 1.000x mais divertido. Aí todo mundo diz "você não deve gostar da HQs então, porque ficou idêntico às HQs". Meu, eu já li tanta HQ do Deadpool... Na boa, se alguém me enviar print, scan ou foto de uma HQ em que o Wade...

A-Dê cocaína pra uma ex-dependente
B-Faça piada sobre estupro
C-Ou sobre pedofilia...

...eu escrevo um post simplesmente dizendo que não conheço o Deadpool direito. E cara, não pensa que eu tenho o "raciocínio" do editor da Veja e da minha avó de que você joga GTA vai virar bandido; ou dessas feministas que fala que ler revista de mulher pelada vai entrar em uma pirâmide de comportamentos que facilitarão que pessoas sejam estupradas, apesar de "50 Tons de Cinza", um filme que RO-MAN-TI-ZA uma relação com um cara que gosta de dar porrada na mina passa reto. Veja bem! Não é um drama. Não é desesperador quando a garota nota a armadilha psíquica que ela caiu com o maluco porque ele era um playboy ricão, não! É um romance (tem pessoas que morrem apanhando do "companheiro" e o filme é um puta sucesso no público feminino, aí não se aplica a teoriazinha da cultura, né? Mas que convenieeeeeente, tirem essas mulheres peitudas dos joguinhos que isso é um absurdo).


Eu não acredito em nada disso, pelo contrário, acredito que se alguém resolve virar bandido porque jogou GTA tem um problemão na formação dela, não no jogo. Eu só não vejo a mínima graça nessas coisas mesmo (tem graça???). Repito, se alguém me mandar imagem de uma HQ com piadinhas assim, eu faço o post dizendo que não conheço o Deadpool direito. O que eu posso fazer se não vejo a mínima graça? Vou fingir que vi graça? Eu não vejo graça nisso, mas vejo nos gibis! Vejo graça no Pandapool, ele é a espécie que ameaça você de extinção! o/



2.A DC é fundamentalmente séria e sombria







1.A Marvel é fundamentalmente despreocupada e descontraída







Um comentário:

  1. Gostei muito desse post. Tenho muita bronca quando comento alguma HQ que virou filme com uma pessoa que só assistiu o filme e acha nada a ver ou absurda alguma cena que é de fundamental importância para a composição da história. Vi muita gente sair revoltada do cinema em Superman X Batman pela morte do Superman, mas, mano, ele já morreu lá na década de 50 na HQ, e se eu não tô louca, ele morreu mais de uma vez! Também não entendo muita coisa, rs!

    ResponderExcluir