domingo, 11 de dezembro de 2016

Review Clássico DC: Ametista - A Princesa do Mundo de Cristal

Veja o review de Ametista – A Princesa do Mundo de Cristal, maxissérie em doze edições, escrita por Dan Mishkin e Gary Conn e desenhos de Ernie Colon, publicada entre 1983 e 1984 pela DC Comics.


Análise edição a edição:

Edição #1: Em seu aniversário de treze anos, Amy Winston ganha uma joia mágica que a transporta para o Mundo de Cristal. Dividida em vários reinos, Amy pertence ao de Ametista, onde deve reconhecer seu legado, seu poder e sua responsabilidade em defender sua casa contra as forças de Opala e Sardônico.

Edição #2: Ametista retorna ao Mundo de Cristal, enquanto que na Terra, seus pais “adotivos” se preocupam com seu desaparecimento. Lá, nas terras místicas, Coralino, filho do Opala Negra rapta a princesa a fim de levá-la a seu tirano pai. Porém, Taff, a cadela de Amy a seguiu até o Mundo de Cristal e pode ser a única esperança de salvar a jovem herdeira do trono Ametista.

Edição #3: Granch, fiel braço-direito da anciã Citrina, viaja até a Fortaleza Opala para adentrar à Dimensão Negra e libertar seus monstruosos irmãos. Na Terra, Amy entra em conflito com seus “pais adotivos”. E Opala Negra consegue capturar Citrina através de uma joia mística.

Edição #4: Amy retorna ao Mundo de Cristal, mas dessa vez, sob a vista de seu pai adotivo Herb. Lá, ela consegue libertar Citrina das garras de Opala Negra, uma vitória temporária. E Granch encontra seus irmãos, mas eles não acreditam em suas nobres intenções.

Edição #5: A princesa do Reino Esmeralda é levada como cativa até o Opala Negra. No Domínio Topázio, o príncipe prometido em casamento para Lady Safira, ainda nutre seu amor por Ametista. E Granch, na tentativa de sair da Dimensão Negra com seus irmãos, acaba chegando na Terra, no colégio de Amy.

Edição #6: Depois de contar toda a verdade a seus pais adotivos, Ametista retorna ao Mundo de Cristal e passa por um processo de aprendizado nas artes da magia e do combate de forma intensiva. Granch e seus irmãos decidem não esperar mais e invadem a Fortaleza do Opala Negra, em um confronto decisivo com seu tirano pai.


Edição #7: Um momento decisivo no Mundo de Cristal. É o dia do casamento arranjado do Príncipe Topázio e de Lady Safira, casamento este que, se consumado, pode dar mais poderes ainda ao Opala Negra. Mas, durante a cerimônia, Ametista revela que ainda vive e está disposta a reaver seu trono de direito.

Edição #8: Opala Negra deseja as doze gemas místicas para obter o poder absoluto. Ele envia os Emissários de Varn para destruir os Sacerdotes Diamantes e conseguir sua pedra mística. Enquanto isso, Ametista e seus três aliados buscam apoio no Reino Rubi, quando são subitamente atacados pelos Emissários de Varn.

Edição #9: Enquanto sua mãe padece, suas filhas, as Princesas Esmeraldas oferecem sua magia à Casa de Ametista. No Reino Rubi, Ametista e seus aliados sofrem às mãos dos Emissários de Varn, mesmo com a força de Lorde Rubi.

Edição #10: Um fragmento da joia Ametista está perdido dentro dos territórios do Opala Negra. Ametista e a Princesa Esmeralda vão até lá para recuperá-lo, mas Coralino filho do Opala consegue chegar antes.

Edição #11: A Casa Esmeralda e Topázio juntam-se ao crescente exército de resistência de Ametista à medida que eles invadem a fortaleza Opala. Porém, a armadura contendo os fragmentos dos cristais mágicos já está pronto.


Edição #12: Trajando a armadura, Opala Negra é praticamente imbatível. Mesmo com o reforço de Citrina e até mesmo de Sardônico, traído pelo seu mestre, os esforços de Ametista e seus aliados parecem em vão. É o confronto final pelo destino do Mundo de Cristal.


Opinião:
Um reino mágico governado com justiça e misericórdia onde imperava a paz, até o dia em que um líder impiedoso impôs sua tirania sobre essa terra encantada. A única esperança de libertação está nas mãos de uma jovem herdeira poderosa que foi enviada à nossa realidade para ser criada em segurança até o dia de seu chamado. Essa é a trama básica de Ametista, A Princesa do Mundo de Cristal. Imagine uma jovem adolescente, Amy, que de repente, descobre ser a poderosa Princesa Ametista, que precisa lutar para livrar o Mundo de Cristal das garras do Opala Negra e governá-la com sabedoria. Trama que remete aos contos de misticismo e reino encantado. No Brasil, a estreia de Ametista se deu na HQ Super-Homem #1, formatinho lançado pela Editora Abril em 1984.


Por Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário