domingo, 27 de novembro de 2016

DIAGRAMA CASEIRO DE XADREZ...


Sim, afinal nem todo mundo tem grana para comprar um profissional. E muitas vezes, o aprendizado mais "palpável" é melhor que o digital por celulares, pcs e tablets.

Tudo muito simples:

Fui no editor de tabuleiro do Lichess, e escolhi o modelo e cor das peças. feito isso, dei zoom na página, tirei um print, colei no paint, e de lá ampliei um pouco a imagem para deixar as peças do tamanho que eu queria. 

Eu já havia impresso antes, e feito numa pequena placa de metal no ano passado. Só que dessa vez, resolvi reaproveitar um tabuleiro que eu tinha de xadrez magnético, paguei 50 conto nessa droga e ao invés das peças do modelo "Alpha", eu escolhi esse da imagem abaixo, que não consigo lembrar o nome, mas é muito usado por programas de xadrez em geral. Principalmente em um dos meus canais preferidos, o XADREZ VALLE:




 Após os "cálculos", vi que era melhor deixar as peças em quadrados, colar elas em um emborrachado branco, e por trás do emborrachado, colar imãs de geladeira recortados para se fixarem na placa:




E tá feito! Ideal para não só estudar partidas, como fixar problemas para resolução, ou mesmo deixar uma determinada posição entre mestres, para observação. Com um prego na parede, pode ficar como um quadro. A posição montada abaixo é da pág. 47 do livro "Mequinho: O Xadrez de um Grande Mestre", escrito pelo próprio Mequinho e o Henrique Caldeira. Livro excelente, por sinal.


A partida é a 25 do livro. E contra ninguém menos que Viktor Korchnoi, na 12º rodada do Match de Candidatos, nos EUA, em 1974, Mequinho conduzindo as peças brancas, joga o destruidor de estruturas 17. Cfd4! Criando diversas complicações:


 É isso. Recomendo também, duas fabricações caseiras de um blog parceiro, o Xadrez Pirata:





P.S: Victor, acha que já tá ganho em janeiro por causa de suas 13 vitórias consecutivas contra mim? Esse aqui é o meu marcador de página:




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário