Pesquisar este blog

smc

domingo, 3 de janeiro de 2016

Caçada a um Rei fugitivo!


Eduard Lasker; Brancas.
George Allan Thomas; Pretas.
Londres: 1912

Texto escrito por: Silvio Antônio.

1. d2-d4; f7-f5
2. b1-c3; g8-f6
3. g1-f3; e7-e6
4. c1-g5; f8-e7
5. g5xf6; e7xf6
6. e2-e4; f5xe4
7. c3xe4; b7-b6
8. f3-e5; 0-0
9. f1-d3; c8-b7




10. d1-h5; d8-e7
11. h5xh7+; g8xh7
12. e4xf6+; h7- h6
13. e5- g4+; h6- g5
14. h2- h4+; g5-f4
15. g2- g3+; f4- f3
16. d3- e2+; f3- g2
17. h1-h2+; g2- g1
18. e1- d2 #



tc3tr1.pbppd1pp.1p2pb2.4C2D.3PC3.3B4.PPP2PPP.T3R2T.#8

Em “10. d1-h5; d8- e7”; o Rei preto parece desfrutar uma posição segura; porém, atraído a uma zona de perigo, todas as jogadas Pretas são forçadas, até onde receberá o mate.
Um final maravilhoso! Não se sabe o que mais admirar neste final: se o espetacular sacrifício da Dama, se a “via-crúcis” do Rei Preto, ou o último lance das Brancas, verdadeiro “Broche”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário