smc

Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Allen Muir em Criminal Case (ou Stan Lee só faz cameos mainstream)!


Eu simplesmente obriguei a minha mãe a tirar print da tela do computador quando vi que já pela segunda vez, ela estava investigando Allen Muir no joguinho que ela joga no Facebook. "Criminal Case" é um daqueles jogos extremamente simples de rede social que as pessoas adoram, apesar de menosprezarem "Final Fantasy", "Metal Gear" e "Assassin's Creed", os taxando como "coisa de nerd". Junto a aqueles joguinhos em que você é desafiado pela gravidade de alimentos e os em que você deve controlar um personagem que corre para frente sem parar tendo que desviar de obstáculos; "Criminal Case" se encaixa na lista de games aceitáveis xD

"Vocês tão de zuera comigo, não tão?"
Lembrando que o imenso sucesso de games desse tipo tem levado os estúdios a desconsiderarem lendas do mercado como "Final Fantasy", "Metal Gear" e "Silent Hill". Pois é. Você não achou que eu só estava de mimimi com as modinhas, achou?



Já Alan Moore é um dos maiores escritores de sua geração, nascido em 18 de novembro de 1953 na Inglaterra. O homem traficava LSD no Ensino Médio, sendo expulso e posteriormente ido adentrando o mercado de entretenimento. No pouco tempo em que trabalhou para a Marvel UK com estórias quase insignificantes, ele batizou a principal realidade da Marvel como Terra-616. Em outras editoras nacionais ele trabalhou com Juiz Dredd, fez vários épicos de aventura espacial como "A Balada de Halo Jones" e deu início a "V de Vingança". Após reconstruir, revolucionar e imortalizar o Marvelman, ele foi convidado a atravessar o oceano (o que nunca mais fez de novo) para fazer a mesma coisa com os personagens da DC Comics. Além de ter escrito muito dos mais definitivos trabalhos envolvendo Coringa, Batman, Monstro do Pântano, Constantine e Superman; ele teve suas próprias grandes obras como "Watchmen", "Do Inferno" e "Fashion Beast". Até hoje ele tem surpreendido como roteirista de HQs, ilustrador, músico, poeta e até ator.


Já Allen Muir, cujo qual, qualquer semelhança com o véio é pura coincidência, é um eremita que resolveu se isolar da sociedade em uma floresta, mas é constantemente suspeito de casos criminais. Enquanto alguns fazem cameos no meio mainstrean, até as cameos de Alan(ou Allen) são underground!

E isso é tudo, pessoal!

Um comentário:

  1. É complicado... E é uma das muitas coisas que me indignam na internet.

    Acabei de sair daquele site: "Legião do Marvecos" ou como preferir, Legião dos bazingas virjens. O carinha lá que fez o Magneto disse que o Superman era idiota e que usar cueca por cima da calça é imbecil. Basicamente ele disse que o Super era uma merda. E como sempre os bazingueiros(lê-se Marvecos de hoje em dia) falaram merda também e muitos concordaram com ele. Enfim.

    O que me deixa mais puto é a falta de conhecimento das pessoas. Não, não é questão de você ser mentalmente limitado. É questão de você querer ser mentalmente limitado.
    Poxa, hoje em dia com a internet temos tanta informação a nossa volta, basta querer. Mas não, é melhor falar merda sem conhecer, desprezar sem entender e todas essas outras merdas que vemos costumeiramente na internet.

    Pra pessoas é melhor achar que o Stan Lee criou tudo, que o Superman não é importante, que o Alan Moore não é revolucionário, que Jack Kirby nunca existiu, e acabar com a Kojima Productions e tirar o nome dele da capa do game.
    PARABÉNS MUNDO!

    ResponderExcluir