smc

Pesquisar este blog

sábado, 13 de junho de 2015

Top 5 - Engenheiros do Hawaii

O Planeta Ouve está de volta! Agora eu gostaria de compartilhar minhas cinco músicas preferidas da segunda banda que eu mais gosto – Engenheiros do Hawaii. Assim como aconteceu no Top 5 do Pink Floyd, dessa vez também as músicas não estão exatamente na ordem de preferências, ou talvez estejam. Aliás, foi dificílimo escolher apenas cinco músicas, mas acho que é isso mesmo.




5. Tribos e tribunais


Numa citação da música, o vocalista Humberto Gessinger diz: “Pink Floyd sem Roger Waters, formas sem função”.
Já é sabido que Gessinger é grande fã do Pink Floyd, em especial do baixista Roger Waters. Essa influência é sentida tanto nas estruturas musicais quanto nas letras.

4. Filmes de guerra, canções de amor


“Não tenho medo de perder a guerra, pois no fim da guerra todos perdem”.
“O que só nós dois sabemos já não é mais segredo”.
“Quando se anda em círculos, nunca se é bastante rápido”.
Letras que mostram Gessinger em grande forma.
A música termina com arranjos de samba e um solo de guitarra que compõem um quadro dramático e nervoso.

3. Anoiteceu em Porto Alegre


Além de fã do Pink Floyd, Gessinger é gremista roxo (ou seria “azul”). Essa canção tem como personagem principal a própria Porto Alegre e os gremistas (incluindo o próprio Gessinger) reagindo ao título da Libertadores da América que o Grêmio venceu em 1983.
A música é longa, com mais de oito minutos, que remete aos sons progressivos que bandas como o Pink Floyd ficaram bem conhecidas. E para completar há a citação de uma música do Pink Floyd chamada “Time” – “Here comes the sun, the sun is the same in the relative way, but you’re older”.

2. Muros e grades


“Nas grandes cidades, o medo nos leva a tudo. Então erguemos muros que nos dão a garantia de que morreremos cheios de uma vida tão vazia”.
“Nas grandes cidades, os muros e a grades nos protegem de nosso próprio mal”.
Uma letra profunda que nos leva a refletir sobre nossa sociedade e a maneira como nos inserimos num sistema que parece não dar margens para mudanças.

1. A violência travestida faz seu trottoir


“A violência travestida faz seu trottoir nos anúncios de cigarro que avisam que fumar faz mal”.
“No ar que se respira, nessa total falta de ar, a violência travestida faz seu trottoir”.
Acho que não é preciso dizer mais nada. A letra fala por si só. Mas como se não bastasse, Gessinger nos brinda com uma citação mostrando um amor platônico de um fã obcecado por uma artista famosa. Como se não pudesse ser mais dramático, Gessinger diz: “Tudo que ele tinha cabia no bolso da jaqueta. A vida quando acaba, cabe em qualquer lugar. E a violência travestida faz seu trottoir”. Genial.

Mais uma vez, as interpretações são minhas mesmo, e pode não ser exatamente como outros interpretam, ou até mesmo como o autor as criou. Mas são citações que me marcaram de uma forma ou de outra, e não dá para negar que nos deixam pensativos.

Quais são suas músicas preferidas dos Engenheiros do Hawaii?


Por Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário