.

Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Filmes dos últimos anos que estávamos esperando a vida toda sem saber


O título ficou meio grande, e...

EU NÃO LIGO!

Mas o que ele quer dizer? Melhor que um filme que alcança as expectativas é um que as supera mostrando coisas que você realmente não esperava. Mexe com você de forma que sem deixar previsto te arranca lágrimas, risadas, calafrios e respiradas fundas do peito. Por exemplo, é bacaninha você ver o "Vingadores 2" ou o "Piratas do Caribe 4"; mas pouquíssimas partes te deixarão realmente extasiado, porque eles não surpreendem ou arriscam em nada. Por isso achei interessante relevar esse "esperando a vida toda sem saber"; porque esse gostinho de surpresa acaba marcando os filmes de forma muito especial. Principalmente hoje em dia que quase tudo já sai para ser parecido e agradar.



5-Uma Aventura LEGO (2014)



Animações se reforçam em marcas e séries. Não é raro sair sequência de um desenho que você viu quando ainda usava fralda. LEGO também é uma marca antiga; além dos brinquedos, gerações se divertiram com as adaptações de filmes consagrados em videogames, a maioria fazia mais sucesso que as adaptações comuns. Hoje já teve Marvel, DC, Harry Potter, Senhor dos Anéis, Star Wars e Jurassic Park, estão até pra lançar "LEGO Dimensions", mesclando várias mitologias. Sendo assim, os bloquinhos já tinham seu carisma na mídia e agora iam estrelar um filme. Provavelmente uma animação genérica para agradar crianças e vender mais bloquinhos. QUE NADA! Um dos filmes mais divertidos que eu já vi! Sua mensagem, para o público infantil e adulto, me emocionou e surpreendeu 10x mais do que eu esperava. Logo quando saí recomendei o filme para todos que eu conhecia e não demoraram pra confirmar uma penca de sequências pros próximos anos (que é o que acaba acontecendo com todas as animações ocidentais de sucesso). O filme acaba passando uma lição sobre sociedade e individualidade que vale pra toda a vida, não tendo medo de fazer piadinhas com o governo e a nossa mentalidade rotineira.

4-Guardiões da Galáxia (2014)



O filme podia se chamar "Quem São os Guardiões da Galáxia?", pois mesmo o mais fiel fã da Marvel não dava bola alguma pra Starlod e cia. Não é por nada que eles não se importaram em fazer algo bem inédito, com James Gunn tomando bastante liberdade em um tempo que os filmes de heróis correm constante risco de se tornarem batidos. Lembrando grandes clássicos dos Anos 80, como Star Wars e Indiana Jones, Guardiões da Galáxia se tornou imediatamente um fenômeno dos filmes modernos de aventura. E... quem eram os Guardiões da Galáxia?

3-Mad Max: Estrada da Fúria (2015)



Que clássico do cinema de ação/aventura ainda não foi revisitado nos últimos anos? Exatamente, "De Volta Para O Futuro", e vamos torcer para que continue assim. A maioria a gente até assiste, mas não trás muito impacto. A cara de pau dos envolvidos já chegou ao cúmulo de fazerem uma trilogia adaptando o pequeno "O Hobbit" e ainda confirmaram que vão investir em uma trilogia baseada em "Animais Fantásticos e Onde Habitam"; um livretinho que Rowling provavelmente digitou inteiro enquanto esperava os comerciais de algum programa terminarem. Já George Miller, responsável pelo início desse tipo de fantasia que ambienta um mundo pós-apocalíptico com punks, desertos e Tina Turner, mostrou como às vezes vale a pena de revisitar uma obra do passado... se você realmente tiver algo inovador pra apresentar. Miller tinha! E ficou inacreditável! Uma harmonia no caos que dá a impressão que as longas sequências passam como um clipe de música bem feitíssimo. É claro que Mad Max só demorou tanto pra voltar por causa de vários imprevistos, mas tem sido difícil um filme de ação contar com fotografia e trilha sonora tão singulares, com o público sempre utilizando como desculpa se tratar de um filme mainstream. Star Wars VII vai ter que ralar pra chamar tanta atenção, porque agora o público só fala de Mad Max.

2-Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)



É meio contraditório esse filme estar aqui se tratando de uma sequência. Nós estávamos esperando ele sim! Esperamos 4 anos! Mas para a felicidade de alguns e desapontamento de outros, a continuação de "O Cavaleiro das Trevas" teve nada de esperado. Para os fãs de HQs ele quebrou fronteiras que outras adaptações pareciam nem sequer querer, contando com um mistureba entre várias fases clássicas do personagem como "Terra de Ninguém", "A Queda do Morcego" e "O Cavaleiro das Trevas". O que todas tem em comum? Mudanças, mudanças brutais no universo do vigilante. A cidade sendo separada dos EUA e o próprio Batman em um estado velho e debilitado. E agora vamos falar de super-heróis e Batman. Quantos filmes de Homem-Aranha, Demolidor, Superman e X-Men houveram? E do Batman?! Quantos pareceram levar a algum lugar? Concluir alguma coisa, realmente discutir algo? É aí que "Cavaleiro das Trevas Ressurge", mesmo sem Coringa e Heath Ledger se destaca na massa descontrolada de filmes de HQs. Como um filme separado ele realmente é estranho, com o próprio herói ficando de fora da ação por meses; mas "Cavaleiro das Trevas Ressurge" se preocupa em ligar seus mais simples pontos, como a relação de Alfred com Bruce Wayne, e faz menção à muitas coisas que haviam sido ditas há 7 anos quando saiu "Batman Begins". Depois de tanto tempo e tantas palhaçadas, finalmente uma equipe de cinema levou a mitologia do personagem a sério até o final.

1-Planeta dos Macacos: O Confronto (2014)



Assim como CDTR, uma sequência, e assim como Mad Max, o retorno de um clássico antigo. As razões dele ser incrível se assemelham com as de "Estrada da Fúria". O lado filosófico de Planeta dos Macacos sempre foi um ponto muito forte, dessa vez ficou muito tocante, pois conforme vai mostrando questões delicadas e complexas da ascensão de uma comunidade (confiança, liderança, traição, orgulho) vai mostrando as inter-relações entre os indivíduos que fazem parte desse grupo e como elas afetam todo o processo. Tudo foi feito de forma muito artística, de cara o filme já parece um clássico e o ator Andy Serkis faz seu trabalho mais notável, fazendo do personagem César um dos heróis mais cativantes do Cinema. Os efeitos de captura de movimento também foram usados no seu máximo, com as expressões faciais dos personagens, junto a fotografia e a trilha sonora, tornando "Planeta dos Macacos: O Confronto" uma jornada muito mais incrível do que se esperaria.

5 ótimos filmes que podiam muito bem ser regulares e ordinários, mas... não era essa a ideia! Imperdíveis!

Nenhum comentário:

Postar um comentário