Pesquisar este blog

smc

segunda-feira, 16 de março de 2015

PERSPECTIVA DE QUEM EMPRESTO #02: Deadpool Vol. 4





Nesta pequena parte de uma série do mercenário tagarela, em que Deadpool é encontrado pela I.M.A para ir até a Terra Selvagem para encontrar e pegar uma arma. Ao chegar nesta ilha, Dead e Dr.Betty (uma agente da I.M.A que ajuda Deadpool a encontrar a tal arma) são capturados pelos nativos e lá encontram a tal arma, que no final das contas é uma cabeça zumbi dele mesmo de um universo alternativo.
Após derrotarem os agentes, eles encontram agora agentes da Hydra atrás da cabeça, após várias lutas, Dead e Dr. Betty roubam uma nave da Hydra e fogem para a Terra Selvagem, para depois irem para a base espacial da I.M.A, onde Dead descobre que usaram a cabeça como uma arma biológica, que iriam transformar todo mundo em zumbis. Então Deadpool, Bill (uma cara que pilotou a base de fuga deles da base da I.M.A)e Dr. Betty unem-se para levar a cabeça de Deadpool para a sua respectiva dimensão.
Deadpool, Bill, Dr. Betty vão para o pântano em algum lugar nos EUA e deparam-se com o Homem-Coisa (que os ataca), além de atacar agentes da Hydra. Após certo tempo de caminhada, Dead acha o portal para a outra dimensão e entra nela indo parar em diversas dimensões, uma até onde ele é Capitão militar, outra é no Velho Oeste, onde confundem Deadpool com o Kid Deadpool, que era um bandido muito perigoso na época. Em outra versão ele encontra Lady Deadpool, ou seja: (???) uma versão feminina de Deadpool que luta com rebeldes (não se sabe o motivo, mas acha-se que é pela Dilma ter tirado a internet);
Ao sair dessa dimensão, Deadpool e Lady Deadpool se despedem com um beijo (que lindo, tirando todas as cicatrizes, é claro). Quando saem da dimensão de Lady Deadpool, sua cabeça versão zumbi volta com ele para a dimensão em que tudo começou. Assim que eles voltaram, Betty disse que só se passaram dez segundos! Após isso o Mago Supremo aparece e diz que o multiverso está em perigo, e já que Dead dessa vez está sendo um herói, o mago resolveu ajudá-lo abrindo um portal para a dimensão zumbi, onde dessa vez os quatro: Deadpool, sua cabeça zumbi, Bill e Betty (e o Faustão, só que não), enfim sua galera entram e vão fugindo de zumbis aqui e ali, até encontrarem humanos que fazem a resistência e ficarem lá nesse abrigo por uma semana. Depois dessa semana, Deadpool resolve ajudar capturando um zumbi vivo para fazerem um antídoto (porém sempre tem um porém: só funciona se você for infectado a usar o antídoto antes que acabe a primeira hora).
Por isso eles resolvem ir para a ponte onde o portal funciona, após o portal abrir, são atacados pelo Homem-Coisa e encontram o Deadpool zumbi (pois o espaço-tempo foi danificado). Após derrotarem o Deadpool Zumbi, aparece o Mago Supremo Zumbi que também é... Derrotado.  Então eles colocam a cabeça zumbi sobre o corpo antigo dela, onde este se recupera e entra no portal, só que perdendo o resto do corpo. Após tudo a galera do Deadpool consegue voltar as suas dimensões, menos Deadpool, pois ele de lá foi teletransportado para a dimensão do Vigia, que diz a ele que o multiverso está sendo ameaçado e que o único que pode salvar (?????) é Deadpool! Assim acaba nosso resumo sobre essa série, e se gostou fique ligado no nosso blog, o Ozymandias Realista.

(Floyd, se tiver partes de resenha você não gostou, pode tirá-las. Por favor me corrija se tiver nomes errados.)

Fabiano Nasiazeno 8° D / 13 anos.

A Panini lançou há uns anos atrás, uma mensal do Deadpool que tinha duas histórias em cada publicação. Ela chegou a publicar quase 20 números, quase todas com as capas variantes que referenciavam filmes. Comprei tudo de uma vez há um cara na minha cidade, só que nunca parei para ler. O Fabiano (que costumo chamar de Fabrício) começou pegando emprestado um encadernado do Thanos escrito pelo Jason Aaron (A Ascensão de Thanos), e logo que terminou de ler, emprestei um dos Guardiões. Mas havia um personagem que ele sempre mencionava, e que quando eu tinha a idade dele, quase ninguém conhecia: Deadpool. 

É impressionante, porque vejo crianças fãs do Deadpool, e citando coisas como ele ter matado o universo Marvel ou mesmo ter sido amaldiçoado pelo Thanos por ter pego a Morte. Na idade desses meninos eu só queria saber do Aranha e pronto, com paciência eu procurava alguma dos X-Men ou Quarteto (que de preferência aparece-se o Homem-Aranha), quem diria que aquele personagem obscuro que eu era fã e tinha conhecido na Marvel 99 (imagem da edição ao lado) iria hoje ter os quadrinhos mais conhecidos do que o Homem de Ferro, ou Vingadores, depois do efeito dos filmes de ambos. Cada vez mais fica claro o por quê a Marvel Studius se sente ameaçada pela Fox, os caras sabendo administrar um personagem desses, podem transformar ele no Homem de Ferro deles em questão de lucro rapidinho...

O fato foi que resolvi ler algumas dessas histórias, pelo menos algumas impressas, até que não é tão ruim quanto eu imaginei, embora eu prefira mil vezes ainda o Deadpool do final dos anos 90. Esse lance de vozes falando com ele, a tirada do Fuinha e coisas assim deixou tudo meio vago e forçado. Resolvi deixar um Pack com o Vol. 4 completo, há um clique de distância, quase 1 GB de HQs, copilando 63 edições, que pretendo ler tudo em breve. Ah, e por que você perde o seu tempo botando esses meninos para escrever? Porque é legal, principalmente se escrever sobre o que se gosta. O que os professores de hoje em dia deviam tentar mais era isso, ao invés de empurrar livros como “A Culpa é das Estrelas” ou mandar escrever redações sobre “MMA ser um esporte ou violência liberada”, são temas interessantes, mas é preciso de vez em quando como ensinou John Keating, olhar sobre outra perspectiva. Abaixo os originais do texto, além do link para download.







Nenhum comentário:

Postar um comentário